domingo, 3 de agosto de 2008

NEUROESTIMULADOR MEDULAR

Aparelho implantado na região lombar dos pacientes diminui em mais de 80% as "dores neuropáticas", um dos três tipos de dores crônicas. Década atual é a da "Pesquisa e Controle da Dor".

Os anos 90 foram chamados de "a Década do Cérebro", devido ao grande impulso que ganharam as neurociências no período. Já o primeiro decênio do século XXI está sendo considerado como a "Década da Pesquisa e do Controle da Dor". Nos últimos anos, vários ramos da medicina alinharam seus conhecimentos em busca de respostas e de tratamentos mais eficazes para essa que é uma das maiores preocupações - e tormentos - da humanidade em todos os tempos. E os avanços foram e têm sido significativos.

Um deles foi o desenvolvimento de um aparelho chamado "neuroestimulador medular", que, colocado em contato com a medula espinhal por meio de um implante, é capaz de reduzir em mais de 80% as "dores neuropáticas". Muitas vezes mal diagnosticadas e bastante intensas, as dores neuropáticas devem atingir, segundo estimativas feitas por especialistas, de 5 a 10% das pessoas. Trata-se de um tipo de dor que se caracteriza pela destruição ou alteração do tecido nervoso presente nos próprios nervos e na medula.

Os nervos são formados de neurônios (células nervosas) que fazem a comunicação entre o cérebro e o organismo. Quando uma pessoa se belisca, os neurônios captam essa sensação e a levam até o cérebro, que o traduz como "dor" e dá uma "ordem", também por meio de neurônios, para que a pessoa pare de se beliscar. No caso da dor neuropática, a causa não é nenhum fator externo, e sim o próprio "comunicador" - o nervo, que está "doente". Por causa de um problema estrutural ou funcional do nervo, as informações são transmitidas ao cérebro de uma forma "defeituosa" e o resultado é uma dor fortíssima.

Alguns fatores e doenças contribuem para o surgimento de problemas nos nervos que acarretam as dores neuropáticas, entre eles traumas, esclerose múltipla, acidente vascular cerebral (derrame), diabetes, AIDS, herpes e cirurgias na coluna. Quando os tratamentos convencionais não conseguem diminuir o sofrimento dos pacientes, uma alternativa pode ser a implantação do neuroestimulador. "Ele libera substâncias que alteram a transmissão e percepção da dor, bloqueando-a", diz o Dr. Eduardo Barreto, coordenador da Neurocirurgia do Hospital Quinta D´Or, no Rio de Janeiro.

Precursor do uso do neuroestimulador no país, o neurocirurgião é um apaixonado pelo estudo da dor, tema a que ele vem se dedicando há mais de 20 anos. Membro da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED) e da Sociedade Internacional de Neuromodulação, o especialista já fez o implante do aparelho em 40 pacientes no Rio de Janeiro, todos com excelentes resultados. "O implante desse aparelho é feito por poucos profissionais e em poucos lugares no Brasil, sendo um deles o Hospital Quinta D´Or, no Rio", diz.

Classificação da dor

Existem muitas maneiras de se classificar a dor, mas o critério temporal é o que tem sido mais usado. Assim, considerando a sua duração, a dor pode ser "aguda" ou "crônica". A primeira se manifesta transitoriamente durante um curto período, de minutos a algumas semanas, e é associada a lesões em tecidos ou órgãos. As lesões podem ser ocasionadas por uma inflamação, infecção, traumatismo ou por outras razões. Normalmente, a dor aguda desaparece quando a causa é corretamente diagnosticada (uma apendicite, por exemplo) e quando o tratamento recomendado pelo médico é seguido corretamente pelo paciente.

Já a dor crônica tem uma duração prolongada que pode se estender de vários meses a vários anos. Quase sempre está associada a um processo de doença crônica. "A dor crônica pode ser considerada uma doença em si, quando a atuação na sua causa não é mais possível", ensina o Dr. Eduardo Barreto. Como exemplos dessas dores, podem ser citadas as dores ocasionadas pela artrite reumatóide (inflamação das articulações), pelas artroses (de joelho e de quadril), dor do paciente com câncer, dor relacionada a esforços repetitivos durante o trabalho, dor nas costas e outras.

A incidência de dor crônica varia de acordo com a faixa etária. Estima-se que, em algum momento da vida, sete em cada dez pessoas terão algum tipo de dor crônica. Estudos mostram que de 50 a 60% dos que sofrem dela ficam parcial ou totalmente incapacitados, de maneira transitória ou permanente, o que compromete de modo significativo a qualidade de vida e a capacidade produtiva. Nos EUA, somente a dor lombar provoca uma despesa anual direta da ordem de 25 bilhões de dólares. Se for considerada a perda de produtividade e de força econômica, este número chega facilmente a 100 bilhões de dólares anuais.

Segundo o Dr. Eduardo Barreto, as dores mais freqüentes na população são a dor músculo-esquelética, em especial a dor na coluna, e a cafaléia (dor de cabeça), principalmente a migrânea (enxaqueca). Nos EUA, mais de 40 milhões de pessoas sofrem de dores músculo-esqueléticas. "Aproximadamente 80% dos pacientes que se queixam de dor na coluna melhoram nas primeiras quatro semanas de tratamento. Entretanto, nos outros 20%, a dor se torna crônica e o tratamento, mais complicado", conta o especialista.

Os tratamentos, nos casos de dores agudas e crônicas, têm objetivos diferentes. No caso das primeiras, o foco é a causa, ao passo que nas outras, o objetivo principal é atacar o sintoma, diminuir o sofrimento do paciente e melhorar a sua qualidade de vida. Para o Dr. Eduardo, até mesmo as dramáticas dores produzidas por um tumor em fase terminal podem hoje ser bem controladas. "Há várias possibilidades de tratamento para o controle da dor, desde o uso de medicamentos até cirurgias. Cada tratamento deve ser individualizado e planejado por um grupo multidisciplinar, após consulta oncológica. Uma melhora de 50% já significa sucesso do tratamento em casos de dor crônica complexa", diz.

Quadro Dor crônica - A dor crônica é dividida em três tipos principais: a dor "nociceptiva", que se dá por alteração de tecidos variados e onde há a transmissão da dor por meio de fibras nervosas específicas; a dor "neuropática", que acontece devido a lesões no tecido nervoso como nos nervos e na medula; e a dor "mista", que apresenta características de nocicepção e de neuropatia. Exemplo de dor nociceptiva: dor no câncer; exemplo de dor neuropática: neurite pós-herpética; exemplo de dor mista: dor pós-cirurgia na coluna vertebral.

86 comentários:

  1. Muito bom este artigo. Em breve serei usuaria deste eletrodo, e estou um tanto ansiosa pra saber exatamente como ele funciona. Obrigada. Regina - Curitiba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU NOME É EDVAL , RECENTEMENTE FIZ ESTE IMPLANTE, E MINHA QUALIDADE DE VIDA É OUTRA , MINHAS DORES DIMINUIRAM BASTANTE.
      ATUALAMENTE ESTOU ME RECUPERANDO DA ULTIMA CIRURGIA.
      DEPOIS DE INUMERAS CIRURGIAS SEM EFEITOS ALGUM , ENFIM APARECEU UMA LUZ NO FIM DO TUNEL.
      E-MAIL:tudodebom.shiepat@ig.com.br

      Excluir
    2. Minha mãe sofre com dores cronicas provenientes da coluna. Planos de saúde combrem essa cirurgia?

      Excluir
    3. oi,vcs sabe de alguem que colocou eletroudo na coluna e conseguiu engravidar? Me ajudem por favor!

      Excluir
    4. Olá Colegas!!
      Fiz cirurgia a três meses e hoje sou implantada de Neuroestimulador medular. Minha vida mudou por completo. Na verdade eu nem lembrava do que era ter qualidade de vida e já estou 80% melhor. Desejo muita qualidade de vida para todos nós portadores de dor crônica. Um grande abraço. Renata.
      Visitem minha comunidade no facebook:
      https://www.facebook.com/pages/Dor-cr%C3%B4nica-e-Marca-passo-para-dor/162131683979812

      Excluir
    5. Cara Cinthia, meu neuro me disse que poderei engravidar daqui uns 3 anos. Após implantar o eletrodo, a dor só estabiliza com cerca de 2 anos. Um abraço!!

      Excluir
  2. OBRIGADA REGINA, POR POSTAR SEU COMENTÁRIO
    GOSTARIA QUE VC NOS INFORMASSE SOBRE OS BENEFÍCIOS DE SEU TRATAMENTO
    BEIJINHOS E BOA SORTE
    ANE

    ResponderExcluir
  3. estou um tempao com uma tal de dor neuropatica que e causada por uma ruptura no meu plexo braquial, chamada dor fantasma membro fantasma mais so que eu estou com o braço so que nao mexo alguem me ajude por favor como faço para esquecer esse bendito braço fantasma que doi muuiito e nao aguento mais so lembrando sofrii um acidente de moto em 2007 e ate hj nao consegui me livra dessa dor que me inferniza. se aguem poder me ajudar desde ja agradeço

    muito Obrigado.
    meu e-mail, qualquer coisa é:
    w_igo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. olá braço fantasma,
    acho que somente hipnose, realmente é excelente
    boa sorte

    ResponderExcluir
  5. olá chamo-me Helena e fui operada a duas hérnias lombares á cinco anos no qual venho desde essa maldita operação ter sempre dores incapacitantes o diagnostico médico é(lombalgias crónicas e inc.derivado a operação falhada)ando nas consultas da dor e recentemente a doutora fez-me a proposta do neuroestimulador medular. gostaria de saber a sua opinião?

    ResponderExcluir
  6. quando emplantado na medula para dor cronica lombar , do lado esquerdo , a mais de 30 dias nao venho tendo nenhum sucesso , gostaria de saber se ja houve casos de retirada de aparelhagem , e como e feito o processo , quais os riscos e se é posiivel

    aguardo resposta

    Nelio Barros

    forcanelio@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Tenho Distrofia Simpático Reflexa a 2 anos e sofro com as dores crônicas . Estou lutando com o plano de saúde para conseguir a colocação do Neuroestimulador medular
    Adorei o blog e as informações sobre ele
    Sharlene

    ResponderExcluir
  8. Adorei as informações.Fiz seis cirurgias na coluna lombar, tenho pseudoartrose,Aracnoidite adesiva e a Síndrome de Elhers-Danlos, atualmente estou com 16 parafusos na coluna de S1 a T11 e parestesia na coxa esquerda. Estou aguardado a colocação do Neuroestimulador.O que vocês tem pra me dizer. Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
  9. Meu nome é Eduardo, eu fiz o implante a uma semana, para quem não andava ou andava com apoio de muletas eu estou muito bem. a internação dura 8 dias , uma cirurgia no primeiro dia e fica com um teste durante 6 dias, no sétimo dia implanta o permanente e tem alta no oitavo. ainda sinto dor mais está longe do que eu sentia, abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VC FEZ PLENO PLANO DE SAUDE SUS OU PARTICULAR?

      df_df_dfdfd69@hotmail.com

      Excluir
  10. Eduardo,gostaria de saber em que hospital e Cidade que tu fez o implante, e como foi a seleção. Bjaum.Sou de Tramandaí- RS.sirlene

    ResponderExcluir
  11. EDVAL: FIZ UM IMPLANTE HÁ ± 2 SEMANAS E JÁ COMECEI A COLHER BONS FRUTOS SEI QUE AINDA É CEDO, MAS , COM O POUCO TEMPO JÁ VENHO OBETENDO RESULTADO.
    tudodebom.shiepat@.com.br

    ResponderExcluir
  12. olá...bom dia....

    Moro em São Paulo capital, estive lendo sobre o neuroestimulador no blog do autoimunes e tive a oportunidade de ler o seu relato. Tenho problemas de dor cronica na coluna lombar a mais de 5 anos, ja fiz 3 cirurgias, porém sem obtencão de exito. Meu médico me sugeriu que implantasse o neuroestimulador, porém nao conheço ninguem que realizou tal procedimento e como nao obtive exito nas cirurgias que realizei, estou inseguro com relação ao implante do mesmo, mas de toda forma vou fazer o teste com os eletrodos para saber se realmente será indicado.

    Gostaria que você me relatasse sobre o implante do aparelho, como ele funciona, se precisa reprogramar o aparelho? se sim, quem faz a reprogramação? os cortes são grandes? na barriga ou nas costas? vc se sente bem com o aparelho? ele formiga, dá choques? se possivel me fale tudo por favor......., pois os médicos nao falam tudo o que realmente acontece (eles só falam a parte boa da coisa).
    Agradeço a sua ajuda.
    Att.
    rhenne-dutra@bol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, meu nome é Jussara fiz em 08 e 20/12 no HC sim é necessário carrega-lo na energia elétrica, o corte na coluna é de aproximadamente 10 cm, para colocar o gerador o médico usou o corte da minha cesárea e colocou o aparelho próximo da verilha, sim ele dá choques tenho prótese de joelho onde após 8 cirurgias fiquei com dor crônica sinto o choque nas pernas é terrível porém tolerável. Amhanhã 10/02 tenho consulta pois meu aparelho simplismente parou de funcionar é necessário operar novamente.Se preferir pode me ligar 8971 3318. Bjs

      Excluir
  13. Kátia Bitar Silva25 de janeiro de 2011 22:51

    Tenho dor crônica há 8 anos, passei por cinco cirurgias de coluna lombar L4/L5-artrodese, mas sinto muita dor e já há 4 anos faço uso de metadona, fiquei sabendo essa semana sobre este aparelho, gostaria de saber mais, custo, enfim tudo. obrigada Kátia Bitar Silva
    kbitar61@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. infelizmente tb não sei nada sobre custo, tamanho do talho, mas detalhes, somente com quem a o fez ou mesmo com seu médico.
    o próprio artigo diz que funciona em apenas 50%, pensem bem
    boa sorte

    ResponderExcluir
  15. Olá, tenho neuroestimulador ( o segundo aparelho) há 2 anos, ( 16 eletrodos, o primeiro tinha somente 4) É SIMPLESMENTE MARAVILHOSO!!! tenho controle remoto, abasteço o gerador uma vez por semana, e melhora de 80% na dor, é caro ( por volta de r$ 180.000,00) más depois de 11 cirurgias, várias tentativas com medicação pesada, estou ótima. Moro em São Paulo qualquer dúvida meu email : adriananusbaum@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. OLÁ,MEU NOME É HELENA MEU EMAIL.hdialcantara@live.com.
    agora ao que me trouxe a este blog.
    em maio de 2000fiz a primeira cirurgia em
    L4 E L5,EM DEZEMBRO DO MESMO ANO A SEGUNDA
    EM L5 E S1.(COLUNA)
    EM ABRIL DE 2001 UMA DENERVAÇÃO PERCUTÂNEA.
    EM JULHO DE 2009 FIQUEI 5 DIAS EM HOSPITAL
    COM A BOMBA DE INFUSÃO CONTÍNUA (MORFINA)
    O DIA QUE O NERVO CIÁTICO COMEÇA LATEJAR E QUEIMAR É INDESCRITÍVEL A INTENSIDADE DA COISA.
    A DOR NA COLUNA ME DEIXA SEM CONDIÇÃO DE DAR UM PASSO SE QUER.(O BOM DISSO É QUE ALTERNA,UM DIA DÓI A COLUNA NO OUTRO A PERNA.srrsr)chorar não tem me ajudado....
    SÓ QUEM SENTE PRA AVALIAR.SE É QUE É POSSÍVEL...
    MEU MEDICO ESTÁ ME DIZENDO QUE O NEUROESTIMULADOR MEDULAR PODE DAR FIM A ESTE QUADRO DE DOR ALUCINANTE QUE TEM ME FEITO DESEJAR A MORTE....DEFINITIVAMENTE.MAS DEPOIS DE TANTO DISSE ME DISSE,TENTATIVAS COM BLOQUEIOS,MORFINAS,DOSES CAVALARES DE TUDO QUE É PORCARIA DE MEDICAMENTO TO ENTRE A CRUZ E A ESPADA.FAZER OU FAZER???//ME AJUDEM QUEM PUDER E TIVER CONHECIMENTO PARA TAL..
    OBRIGADA..
    AGUARDO UMA LUZ....
    HELENA CAMPOS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena também sofria com uma dor na coluna terrível, tive tuberculose óssea e desta forma fratura de vértebra, coloquei prótese na T9 T10 T11 placa de Titânio e fiz enxerto na T10 com a retirada de uma costela, isso foi em outubro de 2009, à partir daí as dores ficaram insuportáveis, fiz acupuntura, Hidroterapia, massagem, e tomava vários remédios entre eles morfina, fiz uma rizotomia em 2010 para ver se a dor melhorava e não melhorou, agora em janeiro de 2013 implantei o Neuroestimulador medular 16 eletrodos, estou me sentindo bem melhor a minha qualidade de vida melhorou muito, o meu aparelho está do lado direito um pouco abaixo da cintura, ele dá choque, e eu controlo a intensidade com um programador que fica comigo, quando acabar a bateria do aparelho vou fazer cirurgia pra trocá-lo, isso deve ser em dezembro deste ano mesmo, e depois a troca do aparelho deve ser feita de 9 em 9 anos. Tem algumas limitações por causa do aparelho mas vale a pena eu melhorei muito, e o meu convênio pagou a cirurgia, graças a Deus.

      Abraço

      Luciane

      Excluir
  17. Ane,meu nome é Sirlene, meu Email é kpitol@terra.com.br, concordo com a Helena, só quem sente pode avaliar a intensidade da dor. Também queria tirar minha vida antes da sexta cirurgia, pois os médicos diziam que talvez só fora do Brasil eu poderia encontrar quem a fizesse, devido a síndrome de ehlers danlos. Mas minha filha engravidou e me deu motivação para lutar, a cirurgia foi feita em Poa, os 10 parafusos estavam soltos em função da pseudoartrose, tiraram e colocaram 16. Gostaria que alguém que já colocou neuroestimulador entrasse em contato no meu Email e também receber uma orientação para que me sentisse mais segura.

    ResponderExcluir
  18. é verdade que troca-se a sensação de dor pela de dormência??

    ResponderExcluir
  19. Olá, meu nome é Sirlene,e como já disse acima,fiz 06 cirurgias na Coluna Lombar(Erro Médico),tenho Pseudoartrose, Aracnoidite Adesiva (devido as múltiplas cirurgias) e a Síndrome Genética de Ehlers Danlos,atualmente com dores Neuropáticas nas pernas e Coluna lombar. Acho que mais que isso só a MORTE. Fiz dia 22.03.2011 o implante do Neuroestimulador Medular. Como num passe de mágica minhas dores acabaram, sinto apenas uns choquezinhos nas pernas, como na fisioterapia os TENS, é até gostoso, paresse massagens, com forme a posição que fico não sinto nada, mas ele age da mesma maneira, e quando o Técnico desligou paresse que faltava alguma coisa, fica ligado permanente, tenho um controle remoto que quando colocado em contato com a barriga, onde foi implantado o aparelho, ele mostra todos os dados e se quiser aumentar ou diminuir a intensidade dos choques é só apertar um botãozinho, mas creio não ser presciso, pois o Técnico deixou confortável. É muito bom não sentir mais dores e poder caminhar como todas as pessoas.Espero que todos voces também consigam sussesso. Felicidade à todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLÁ SIRLENE, QUERO COMPARTILHAR CONTIGO DESTE GRANDE AVANÇO TECNOLOGICO, JÁ PASSEI POR 9 CIRURGIAS E ESTOU ME RECUPERANDO, POIS A ULTIMA FOI EM DEZEMBRO DE 2011, MAS, JÁ ME SINTO MELHOR. ABRAÇOS. E-MAIL :tudodebom.shiepat@ig.com.br (edval)

      Excluir
    2. boa noite voce poderia me fornecer seu contato?

      sou de são paulo estou atras do neuroestimulador.

      Excluir
    3. https://www.facebook.com/neuroestimulador tudo sobre dor cronica colocaao de neuro estimulador tenho o video da minha operação no youtube dor neuropática Francisco Crespo postem na minha pagina que eu responderei tenho o neuroestimulador desde 2009

      Excluir
  20. Sirlene Vedovatto Pitol4 de abril de 2011 01:54

    Bem, acho que não respondi todas as perguntas sobre o Neuroestimulador, o corte na coluna onde é implantado os eletrodos, tem 09 pontos, mais 01 pontinho no lado direito e no mesmo lado direito,tres dedos acima do umbigo, outro corte com a largura de quatro dedos, onde foi implantado o gerador. Qualquer dúvida podem perguntar. Estarei as ordens. SIRLENE de Tramandaí, RS.

    ResponderExcluir
  21. Sirlene Vedovatto Pitol20 de abril de 2011 01:02

    Ane, hoje me senti estranha trocando pela primeira vez para o programa que foi selecionado para usar à noite. Parecia que estava trocando o canal da televisão com o controle remoto. SIRLENE.

    ResponderExcluir
  22. Já passei por 7 cirurgias na coluna lombar, fiz artrodese, coloquei quatro parafusos e depois tirei, continuei com muita dor, no desespero aceitei o implante do neuroestimulador medular, doce ilusão, passei por 4 cirurgias consecutivas em 15 dias na tentativa do implante na medular e o eletrodo não ficava na posição onde deveria ficar depois de 4 cirurgias e muitos cortes nas costas, tudo foi retirado e costurado novamente, segundo a médica a minha coluna apresenta escoliose no local onde teria que fixar o eletrodo que impossibilitou o implante, e só depois de 4 cirurgias chega a esta conclusão, depois disso consultei pessoas que usar este sistema que dizem não resolver nada, e até um especialista de coluna me disse que isto é ilusão, tarde demais, só me sobrou o trauma de tudo o que passei e as dores continuam, pensem bem antes de tomar uma decisão.

    ResponderExcluir
  23. SIRLENE VEDOVATTO PITOL6 de junho de 2011 01:29

    Anonimo, cada caso é um caso,eu coloquei o Neuroestimulador e estou muito bem,as dores horríveis, os choques fortes que queimavam minhas pernas, e meus pés embaixo, pareciam que pisavam em brasas qdo eu deitava, e não deixavam eu dormir, tudo sumiu. Agora faço duas horas de esteira na Academia e uma hora de musculação. Como dizer que não resolveu nada? Será que esses MÉRDICOS que te atenderam foram os mesmos que fizeram minhas 5 primeiras cirugias? Que em vez de fazerem uma cirurgia Minimamente Invasiva, invadiram meu corpo inteiro, até meu Cérebro, quem sabe consulta o Médico que fez o meu implante?

    ResponderExcluir
  24. Em 2005 fiz uma cirurgia p/ retirada de um nódulo que apareceu no quadril, e em 2006 tive que refazer pois tinha surgido outro. Após essas duas cirurgias fiquei com uma seqüela no nervo da perna que causava varias dores, fiz varias fisioterapias e melhorei um pouco.

    Há dois anos a dor voltou e estava tomando medicação muito forte ( gabapentina 900mg 8/8h,carbamazepina 200mg 8/8h, tramol 100mg 6/6h e morfina 10mg 6/6h), só que não estava resolvendo e fiquei internada varias vezes e nessa última vez o médico achou melhor fazer a colocação de um neuroestimulador medular que tirou a dor, mas agora estou em recuperação da cirurgia e tenho varias restrições como ex: tenho que ficar 2 metros de distancia de uma TV de tubo, computador, aparelho de som, não posso ficar muito tempo no notebook e ele tem que ficar no min. 30 cm do corpo, não posso passar em porta giratória no banco etc.

    Mas graças a Deus a cirurgia deu tudo certo e não tenho mais aquelas dores, só vou precisar fazer bastante fisioterapia e daqui a mais ou menos 5 anos fazer a troca da bateria (que é o próprio aparelho).

    O aparelho é colocado em duas cirurgias, primeiro coloca uns elétrodos na medula e um aparelho teste que fica com um fio para fora do corpo com um aparelho, este aparelho pode ficar até 15 dias com ele. Depois se coloca o definitivo que é passado os fios pelas costas e colocado o aparelho definitivo interno na barriga do lado direito (fica quase imperceptível pq é tudo interno).

    Na internação fiz uso de bomba de PCA com fentanil (era para aliviar a dor e fazer um teste pq os médicos estavam com dúvida entre a bomba definitiva ou o neuroestimulador) e tirou totalmente a dor, mas após três dias acabou a medicação e eles resolveram tirar e fazer bloqueio (fiz três ), mas não resolveu nada então decidiram colocar o neuroestimulador pq a bomba vc tem que colocar medicação todo mês e o neuroestimulador é retirado todas medicações.

    Com o neuroestimulador eu estou tomando apenas tramol 100mg 6/6h devido as dores da cirurgia (não vou negar, é bem dolorida), e os médicos falaram que vou poder engravidar após 2 anos.

    Qualquer dúvida estou a disposição.
    Vanessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. voce e de são paulo

      tem contato


      Paulo Cesar O Ramos

      Excluir
  25. Anônimo, li o teu relato, só estranhei tu ter dito que não pode ficar perto de TVs, computadores e aparelhos de som. As únicas restrições que me foram impostas são: As portas giratórias de banco, torres de energia elétrica e detectores de metais de aeroportos. Quanto as cirurgias para colocação do Neuroestimulador, não achei-as tão doloridas, acho que já estava curtida de tantas cirurgias e tantas dores que essa achei tranquila, inclusive na segunda cirurgia para colocação do gerador na barriga só não saí andando do bloco cirúrgico porque era proibido. Fico feliz em saber que para ti também resolveu.

    ResponderExcluir
  26. Boa noite Sirlene e Vanessa.
    Coloquei o neuroestimulador a 10 dias. Melhorei, mas tenho esperanças de melhorar mais, pois pretendo tirar a medicação e engravidar, se possível em alguns anos. Gostaria de ter mais informações sobre resultados, a equipe médica que fez o procedimento e sua idade. Agradeço se entrarem em contato via e-mail: daniela@biomica.com.br. Obrigada.

    ResponderExcluir
  27. esse neuroestimulador, só serve para dor na coluna?

    ResponderExcluir
  28. Boa Noite Sirlene!

    Fico feliz ao ler seu relato, de que agora, finalmente, vc ficou livre das terríveis dores, que só quem as têm pode dimensioná-la. Estou há sete meses sofrendo com terrível dor neuropática. A sensação é de queimação na sola dos pés, palma das mãos,meus braços e coxas parecem estar feridos!INSUPORTÁVEL!!! Gostaria que vc me informasse se planos de saúde (UNIMED) cobrem tal cirurgia e se o preço pagando pela mesma é muito alto? Qual foi seu médico e aonde vc a realizou? Li um site de um médico do Rio Grande do Sul, Dr. Fernando Sanchis, especialista no implante de neuroestimulador. Fiquei animado, pois lá eles relatam que se trata de um procedimento simples, podendo até mesmo ser feito a nível ambulatorial, sem a necessidade de internação? Sera mesmo? Pois todos os casos que li até agora, mencionam se tratar de um procedimento um tanto qto invasivo. De fato, é um proc. simples? anestesia é geral? Desde já fico grato por suas informações.Se vc puder me passar um-mail, agradeço tabem por essa gentileza. ericbrunosiqueira@hotmail.com


    Felicidades!

    Eric

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eric, meu nome é Jussara acho impossível fazer em laboratório eu fiz no HC SP em 08/12 e 20/12 fiquei 05 dias internada nas duas cirurgias pois tomei anestesia geral.
      saracardim@ig.com.br cel 11 8971-3318 boa sorte

      Excluir
  29. Só para corrigir vc poderia me enviar a resposta para este e-mail: derick.cedrik@gmail.com, é que o e-mail que lhe passei teve a conta encerrada. Mais uma vez agradeço sua atenção.

    ResponderExcluir
  30. Daniela, posso até responder tuas perguntas via email, mas como todos perguntam o nome da Equipe Médica que realizou minha cirurgia, não vejo porque não dizê-la, foi a Equipe do Dr. Ericson Sfreddo, de Porto Alegre. Pode consultar sobre ele na Internet, só posso dizer que ele além de ser muito bom é muito humano também. Tenho 50 anos e desde os 45 que estava sofrendo com cirurgias. O pessoal da Academia que frequento ficam impressionados com a minha boa forma física e minha resistência. mais algumas dúvidas estou as ordens. Um abraço.

    ResponderExcluir
  31. Anônimo, se prestaste atenção noas relatos, Dores Neuropáticas não são na coluna e sim consequencia de múltiplas cirurgias na coluna. O problema são nos nervos que passam pela coluna que devido as cirurgias eles formam outra doença chamada Aracnoidite Adesiva. O Neuroestimulador também serve para outras doenças, tipo: cancer, enxaqueca, etc.

    ResponderExcluir
  32. O Neuroestimulador não serve só para dores na coluna, mas sim para Dores Crônicas.

    ResponderExcluir
  33. Eric, tentei responder para teu email, mas voltou. Tentarei novamente. Abraço.

    ResponderExcluir
  34. Prezados, fico muito feliz pelos resultados relatados,como sabemos cada caso é um caso, tenho 35 anos, sou operado da coluna a 07 anos e venho a 03 anos tendo fortes dores,estou tratando em uma clinica chamada Cendor na cidade de Taubaté SP e o Médico sugeriu realizar o implante do neuroestimulador, após a demora de 94 dias o plano aprovou o implante que será realizado sábado 16-07-2011 ás 13:30h espero ter a sorte que muitos tiveram .

    ResponderExcluir
  35. Anônimo,ficarei resando por você, só imagino as dores que está sentindo, eu também passei por isso e espero que tenha a mesma sorte que eu tive. Boa Sorte e Muita Felicidade nessa cirurgia, pois és muito novo para todo esse sofrimento. Abraço.







    an

    ResponderExcluir
  36. Boa tarde,meu nome é Shirley Gomes de Oliveira,há mais ou menos 7 anos sofri um acidendte em minha casa,que uma máquina de costura portátil caiu no meu pé,e graças a Deus não foi pior poque a cadeira segurou a máquina,então pegou só a ponta dela caiu no meu pé,uma latinha qque fica perto da aguha se sotou e entrou em meu pé e cortou o nervo periférico,a atéria e o tendão.Me leveram para o HPSocorro daqui de Juiz de Fora MG e lá chegando um academico que me atendeu juntou os tres (9nervo,tendão e artéria( e amarrou e como teve uma frtura do 2º metatarso ele colocou uma calha e passou para o ortopedists,que simplesmente ignorou aquela sutura e eu tambem não sabia de nada e assim se passaram 3 meses que fiz uma cirurgia para s correção do osso que depois 3 meses encontrei um médico abençosdo que operou o osso pois não sabia de nada,e nesse tempo todo,e ninguem fazia nada direto,e eu começee E ,só 3 anos depois que um neurocirurgião Dr Marcelo Quesado pois sinto muita dor,e agora ele está querendo implantar um neuroestimulador celebrsl porque eu tomo morfina para dor,e eu queria que se possivel que não tivesse tanta burocracia para conseguir esse aparelho pelo sus,estou lutando tem quase 1 ano para conseguir.Agora eu tenho 2 meses que está esperando saair e não consigo.Obrigado

    ResponderExcluir
  37. Shirley, sinto te dizer,mas não soube de nenhum caso colocado pelo SUS, o meu foi pelo FUSEX( Fundo de Saúde do Exército, e teve um monte de burocracia. Espero que tenhas sorte. Abraço.

    ResponderExcluir
  38. Oi Sirlene

    Essas restrições são para durar mais a bateria, todos aparelhos que utiliza eletricidade e os que contenham imã acabam sugando um pouco a bateria, então um aparelho que tem a duração de 5 anos ficando proximo desses aparelhos só vai durar no max. 4 anos.
    Alguns médicos não falam pq essa cirurgia pra eles também é bem lucrativo então quanto antes vc fizer melhor pra eles entendeu.

    Abraços
    Vanessa
    flume@ig.com.br

    ResponderExcluir
  39. Passeata...

    Estou tentando criar uma passeata para liberação do neuro-estimulador pelo SUS pq além de ajudar pessoas com dor cronica também ajuda pessoas cadeirantes.

    Precisamos nos unir para conseguir todos os beneficios oferecidos pela tecnologia. Hoje esse aparelho é somente importado, quem sabe conseguimos com a passeata alguma fabrica aqui no Brasil para baratear o custo da cirurgia.


    Por favor quem poder ajudar eu agradeço muitissimo.

    Abraços Vanessa

    flume@ig.com.br

    ResponderExcluir
  40. Vanessa, obrigado pela informação sobre as restrições, vou falar com o Técnico a respeito disso. Abraço Sirlene

    ResponderExcluir
  41. Vocês tem mais informações sobre aracnoidite??

    Ha 4 anos fiz uma redução de mama e 3 meses depois diagnosticaram aracnoidite adesiva, causada pela anestesia.
    Felizmente, não sinto dores (o que causa estranhamento na maioria dos médico), contudo, tenho problemas intestinais (só vou ao banheiro com remédio) e sinto fraqueza nos membros inferiores, tenho muitas torções tornozelos e luxações devido as constantes quedas.

    Gostaria de conversar com pessoas que tem o mesmo problemas, para troca de informações.
    Grata

    ResponderExcluir
  42. Olá Ane! Olá Sirlene! Eu sou Sandra Santos, da ABRAFIBRO, lembram? Pois é, pesquisando sobre o neuroestimulador cheguei até aqui. Na próxima terça feira, dia 08.11, farei a primeira fase para o implante. Estou curiosa quanto a recuperação e as restrições. Podem me ajudar??? Gostaria de saber também se o local do implante pode ser escolhido, ou é um pré definido por protocolo? Como tenho a danada da fibromialgia... será que o processo de recuperação será mais doloroso? Agradeço desde já pela ajuda... Bjss

    ResponderExcluir
  43. Meu nome é Graca Ullmann. amanhã farei a implantação do neuroestimulador. Nas proximas semananas farei um relato das minhas impressoes do uso do aparelho.

    ResponderExcluir
  44. Ane Meu nome é Jussara tenho 08 cirurgias de joelho e tenho prótese total sou funcionaria do Itaú há 24 anos e tive que entrar com um processo contra o convenio Itaú Saúde para conseguir colocar (isso após 14 meses)pelo HC de São Paulo com Dr Erick Fonoff farei o implante na próxima semana, falo depois email: saracardim@ig.com.br bjs

    ResponderExcluir
  45. Jussara boa sorte
    estarei torcendo por você.
    mande notícias
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ane, bom dia, como vai?Fiz o implante em 08/12 e 20/12 foi terrível até hoje 26/01 sinto dores enorme nas costas o gerador foi implantado no abdomem pelo corte da minha cesárea, porém para minha decepção parou de funcionar pra ajudar meu médico saiu de férias sem me avisar volta 10/02 e terei que refazer a cirurgia, já me arrependi de te-la feito. Passei em perícia no Inss e o idiota do médico me disse desconhecer esta cirurgia e me deu alta médica tive que recorrer pois eu tinha 01 semana de operada. Ane obrigada por responder e nos ouvir, mando notícias Bjs e fique com DEUS.

      Excluir
    2. Olá, Anônimo! Eu gostaria de me comunicar com você. Estou tentando me comunicar com todas as pessoas que colocaram o neuroestimulador, pois estou, pela primeira vez, considerando esta alternativa. Obrigada! tlmovel@hotmail.com

      Excluir
    3. oi, meu nome é jussara tel 11 8971 3318 ou 3692 9145 saracardim@ig.com.br ou saracardim@r7.com bjs

      Excluir
  46. Ola!Meu nome é Denise,fui submetida a artrodese de coluna lombar em 2009,e logo apos comecei a apresentar parestesia me membros inferiores seguidas de dores incontrolaveis ate mesmo com medicamentos fortissimos.Passei um ano dormindo sentada,andava apenas com ajuda de muletas.Foi entao sugerido pelo neurocirurgiao o implante.Apos tres meses de espera o convenio autorizou o implante,a briga foi ardua,pois trata-se de um material caro.Em 21/03/20011, foi submetida ao implante,hoje convivo com um estimulador que eu mesmo controlo,as dores existem mas eu controlo sua intensidade,apesar que a sensaçao do estimulo é muito presente tem horas que sinto estar com o dedo na tomada,rsrs.Mas vale a pena..

    ResponderExcluir
  47. Olá!li todos os relatos sobre o neuroestimulador...Nossa!Tb sinto muitas dores como vcs todos!Tive uma hérnia na S1A L5 e fiz a cirurgia!Desde então, as dores só aumentaram..( fiz a operação em fevereiro de 2009)e estou amanhã dando entrada no plano de saúde para a liberação desse implante..To com um nó na cabeça! Realmente, os médicos só contam a parte boa rs! Li que: A COLOCAÇÃO É FEITA EM DUAS ETAPAS?
    A NOITE TROCA O PROGRAMA?
    DENISE, VC FICA SENTINDO CHOQUINHO O DIA INTEIRO?
    SIRLENE, VC ME ANIMOU BASTANTE..
    Gostaria de mais detalhes. Sei, que tenho bastante tempo, se tratando de plano de saúde rs!

    ResponderExcluir
  48. Prezados,
    Muito bom ouvir o relato de vocês, é bom ter com quem compartilhar experiências.
    No ano de 2009 (abril) fiz uma cirurgia na coluna cervical e coloquei uma prótese discal no nível da C5-C6 oriunda de uma hérnia de disco.
    Infelizmente a cirurgia não foi bem sucedida e a prótese fez uma artrodese (colou) com os níveis acima e abaixo, só que eu já tenho protusão discal nestes níveis, o que ocasionou uma sobrecarga enorme e também compressão.
    Sinto muitas dores de cabeça e também nos braços.
    Já fui internada por umas três vezes durantes uns 10 dias para receber morfina, no pronto socorro, para receber morfina já perdi a conta.
    Fiz fisioterapia para analgesia, RPG etc e nada.
    Tomei inúmeros medicamentos e agora continuo tomando Oxycontin que é uma droga sintética derivada da morfina.
    Praticamente não consigo mais trabalhar.
    Pesquisei e consultei inúmeros médicos e constatei que só restavam duas opções: o neuroestimulador que como sabemos não funciona para todos e a bomba de morfina que funciona, mas tem muitos efeitos colaterais.
    Sendo assim, optei pelo neuroestimulador e vou operar na próxima segunda-feira.
    Desejo boa sorte a todos que estão nesta luta difícil contra as dores.

    ResponderExcluir
  49. a todos desejo que estejam bem com o neuroestimulador, desculpe a falta de atenção ,mas passei por um período crítico.
    tive um ca de tireoide,minha mãe faleceu, mas agora estou bem.
    Karina, desejo que tudo corra bem sempre torço e oro por todos nós, afinal, somos o dono da dor e só o dono da dor, sabe o quanto doi.
    que Deus abençoe a todos

    ResponderExcluir
  50. Fico até emocionada em falar pra voces o quanto esse blog mim ajudou, no dia 01-02-2012, fiz o teste do neuroestimulador, coloquei e vim para casa passei 6 dias e depois tirei, foi nesse intervalo que descobrir esse exelente blog, agora no dia 02-04-2012, farei a cirurgia completa, creio que sera o dia da minha vitoria! pois só quem dores neuropaticas entende, eu moro na Bahia, o médico que vai fazer a cirurgia é um grande neurocirurgião nesta cidade, muito dedicado, ele estar começando fazer esse tipo de cirurgia, mais a 6 anos ele operou meu esposo colocou 6 parafusos na lombar e estar muito bem graças a Deus, acredito que retornarei a falar prá voces sobre o processo que passarei, pois entendir melhor com este blog todo processo desta cirugia. um grande beijo para todos, e você Ane, que Deus te ajude a superar tudo que estas passando.

    ResponderExcluir
  51. fico feliz por você e tenho certeza que tudo dará certíssimo.
    obrigada e que Deus nos abençoe a todos bjs

    ResponderExcluir
  52. Queria me pôr a disposição de todos que tiverem dúvidas qto ao implante so NEUROESTIMULADOR MEDULAR,faz um ano e um mês que fiz o implante e estou ótima. Quem quizer entrar em contato comigo pode me adicionar no facebook, Sirlene Vedovatto Pitol, ou pelo Email sirlene@pitol.net

    ResponderExcluir
  53. SIRLENE VEDOVATTO PITOL15 de abril de 2012 03:45

    Fiquei indignada, agora à pouco fui pesquisar no google sobre: Colocação de neuroestimulador, e vi uma reportagem falando sobre a Primeira cirurgia do estado do RS no dia 21.08.2011, com o Dr. Nilvio Severo. Engraçado é que a minha foi no dia 18.03.2011 e o implante definitivo foi no dia 22.03.2011, no mesmo Hospital Divina Providência, com o Dr. Ericson Sfeedo.

    ResponderExcluir
  54. Olá pessoal meu nome é Rosana moro em Feira de Santana na Bahia, fiz a minha cirurgia no dia 02-04-2012, estou mim recuperando, fiz a primeira revisão meu médico detectou que no lugar do marcapasso estava um edema mandou que colocasse compressa de gelo, queria saber de vcs que já fizeram se alguém teve esse problema, estou colocando mais o enchaço vai e vem fica bem alterado mais não doi, nos primeiros dias tive inicio de febre, as dores neuropaticas melhoraram muito, mais depois do dia 22 vou aumentar o estimulador pois o meu médico estar em congresso e o meu "controle" não chegou ainda mais percebir que já valeu a pena, o que estar mim preocupando e imcomodando é o enchaço , mais quero pensar posito, agradeço quem pode mim ajudar nesta informação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana, o meu inchou um pouquinho, mas foi dentro da normalidade, não tive febre, e faz um ano do implante, estou super bem, faço 2 à 3:00 de akdemia, musculação e esteira, estou muito bem sem dores!

      Excluir
  55. fiz a cirurgia do inplante do neuroestimulador medular e estou otimo não sinto nada de dor hoje, o aparelho foi inplantado dia 06/06/2012 hoje dia 30/06/2012 ja estou de volta a escola e estou fazendo gol a beça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. voce tem contato.

      Aguardo

      Paulo

      Excluir
  56. Olá meu nome é Rosana aqui da Bahia, fiz 3 meses de cirurgia já posso contar algumas vantagens, tirei os analgésicos e relaxante muscular pois tomava muitos durante o dia e as dores não diminuiam, continuo tomando gabapentina e amitriptilina, o médico diz que vou parar mais não tenho certeza pois o meu estimulador precisa ficar muito alto e sinto o tempo todo o estimulo na perna direita já a esquerda não sinto nem dor nem estimulos mais pra mim já conto vitoria na cirurgia, volto falar com vcs quando voltar fazer hidroterapia, bjs para Anne e todos que curtem esse blog.

    ResponderExcluir
  57. ROSANA,
    ESTOU TORCENDO POR VOCÊ , FORÇAS E NÃO DESISTA JAMAIS
    BJKS E OBRIGADA

    ResponderExcluir
  58. Olá amigos, já estou indo para 8meses de cirurgia estou fazendo RPG, já voltei dirigir, vou iniciar a hidroterapia, fiz uma indoscopia pois os remedios estava causando muitos estragos graças a Deus o médico mim disse q nunca viu tao perfeita durante os anos q faço tratamento com ele, só não consigo "ainda fazer caminhadas mais estou perserverante, se o bom Deus permitir chegarei lá, já conseguir diminuir os estimulos vcs q estão pessando em fazer a cirurgia não desamine pois voltei a viver! bjs....Rosana da Bahia

    ResponderExcluir
  59. Olá, tenho 68 anos e já passei por 12 cirurgias. Tenho artrite reumatóide para complicar mais um pouco. Tenho próteses nos 2 joelhos e no quadril direito. Passei por 2 cirurgias de coluna, a primeira artrodese com 6 enormes parafusos e a segunda foi de emergência pois um enxerto ósseo havia deslocado para a medula. Dessa segunda tive complicações, fiquei quase 1 mês no hospital. Essas cirurgias de coluna e a prótese do quadril foram feitas no ano passado. Que 2012, vcs podem imaginar. Bem, as dores não me deixaram. É tão grande a dor na perna esquerda que mal posso ficar de pé para escovar os dentes. Fico apoiada em tudo quanto é canto e só consigo andar com o andador. Só me sinto bem deitada na cama ou "cadeira do papai". Ontem o neurologista me falou que para o meu caso seria bom o neuroestimulador de medula. Procurando na Internet me deparei com este blog e os 71 comentários de vocês e agora estou muito preocupada. Quantos precisaram de diversas cirurgias, uma para colocar, outra para arrumar o que saiu do lugar, outra para acabar retirando. E ainda as restrições quanto às portas de bancos, computadores e notebooks mantidos à certa distância, choques (imaginem eu com as próteses) enfim, coisas e situações de deixar os cabelos em pé. Que Deus me ajude com essa cirurgia!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sirlene Vedovatto Pitol23 de janeiro de 2013 20:27

      Oi Miriam, estava lendo teu relado, vou te explicar direitinho... São duas cirurgias pq primeiro eles colocam os eletrodos na medula e o aparelho fica por fora para ver se realmente vai dar resultado e até acertarem um programa, a segunda é só para implantar o aparelho, tenho certeza q depois de tudo pelo q passaste esta será a mais simples e com certeza tbm vai tirar tuas dores... Se precisar tirar alguma dúvida, pode ligar para meu cel. 5185171351.

      Excluir
  60. Olá Miriam! mande-nos noticias vc colocou o neuroestimulador? se não vou te dizer pelas cirurgias que já fizesttes essa é nada! pode acreditar faço 11meses amnha e se fosse pra fazer tudo eu faria pois a recompensa é tamanha, estou ainda descubrindo novos limetes outros já acustumei as vezes ate esqueço q tenho o aparelho eu fiz aqui na bahia! sei q nas grandes capitais a cirurgia é mais prática não desista! eu estava andando de "bengala" hoje até um salto já mim atrevo usar! um grande abraço Rosana de Feira de Santana Bahia

    ResponderExcluir
  61. Amigos, fiz as 2 cirurgias na semana passada. A primeira, na terça-feira, dia 4, foi para a colocação dos eletrodos na coluna, anestesia geral e quando eu estava acordando uma técnica me perguntava sobre os choques, mais acima, mais abaixo, perna direita, perna esquerda, aumentando, diminuindo. Continuei hospitalizada com alguns fios pendurados nas costas, ligados ao aparelho-teste que eu podia aumentar, diminuir ou até desligar. O meu médico disse que se eu alcançasse uma melhora de 50% partiria para a colocação do outro aparelho (que ele chama gerador) na barriga. Não consegui esses 50%, nem 20%, achei que continuava com as dores terríveis na perna esquerda e mais os choques. Creio, até, que os choques escondem, tapeiam um pouco as dores, e meu único progresso foi ficar de pé ou andando por 30 minutos de cada vez, coisa que antes eu não ficava. Com base nisso, o médico disse-me que devíamos prosseguir com a segunda etapa, a cirurgia para colocação do gerador, mesmo eu não havendo alcançado os tais 50 %, pois já estávamos na metade do caminho e era a minha única possibilidade de ficar melhor. Disse-me, ainda, que se daqui a 3 ou 4 meses eu não melhorar nada e tudo estiver me incomodando ele fará uma cirurgia relativamente simples e retirará tudo. Deste modo, fiz a segunda cirurgia, no dia 7, também com anestesia geral. para implante do aparelho na barriga. Foi passado um cabo dentro de mim ligando a coluna ao tal gerador. Ainda não estou com o outro aparelho, um controle remoto, para começar novamente os choquinhos. Pedi ao médico que me desse um tempo para eu me recuperar um pouco dessas cirurgias. Depois, à luta. Espero que dê certo, pois é minha única chance de tornar a andar e sentar normalmente.

    ResponderExcluir
  62. Planos de saude cobrem o implante?

    ResponderExcluir
  63. Olá pessoal queria que vcs que já tem a mais tempo mim orientasse melhor, eu já perdi 9 quilos depois da diminuição dos remedios então quero perder mais 12, mais o local estar ficando sensivel, onde fica o marcapasso, hoje o médico mim disse que não posso perder muito peso se não tenho que colocar na barriga, minha fisioterapeuta mim orientou a procurar algo para proteger tipo um almofada no local o médico tb mim orientou, algum de vcs já usaram ou usam algo parecido? mim respondam já estou andando 30 min estou muito feliz mesmo com esse probleminha, Rosana de Feira de Santana Ba

    ResponderExcluir
  64. Boa noite. Meu nome e Vivian tem 37 anos e ja tenho 13 cirurgias de coluna, pino e enxerto osseo, há 2 meses fiz RADIOFREQUENCIA com 23 canulas o medico garantiu que minha dor iria sumir nossa estou cada dia pior mal consigo andar e tenho dor 24hr,já nao tenho mais força na perna. O meu medico neurocirurgia me aconselhou a colocar esse eletrodo, mas estou com receio de não dar certo e continuar com dor. Queria saber de quem já fez a cirurgia se vale a pena fazer mais 1 cirurgia? Estou precisando muito de apoio nesse momento p tomar essa decisão e ficar em contato para saber mais sobre os procedimentos. Agradeço

    ResponderExcluir
  65. Oi tenho dor neuropática há 6 anos, depois que num acidente de moto tive o nervo femoral rompido, dia 14 vou implantar o neuroestimulador. Gostaria de saber quanto tempo após o implante eu poderei voltar a dirigir.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  66. alguem sabe me dizer se posso trabalhar emhospitais depois de ser implantado por neuroestimulador?

    ResponderExcluir
  67. olá pessoal aqui e Rosana da Bahia fiz minha cirurgia em abril de 2012 o meu marcapasso e nas costas estou bem, estou querendo saber quem colocou na barriga se estar gostando, estou pretendendo trocar colocar um menor e na barriga mais estou meio pensativa será q vai ser melhor? meu neuro mim disse q colocou um assim e ele achou bem melhor fica mais fundo.. estou querendo por isso nas costas ta muito na pele pois perdir mais peso.... alguem mim ajude com sua experiencia!

    ResponderExcluir

Obrigada por ter me visitado, volte sempre
Ane Coelho

Daily Calendar

Seguidores

alongamento

alongamento

Notícias

Loading...

Follow by Email

dores e doenças autoimunes

Loading...
Loading...

saúde

Loading...