segunda-feira, 30 de março de 2009

Dor no quadril no jovem adulto

DOR NO QUADRIL NO ADULTO JOVEM
O quadril é a articulação que une a coxa com a bacia. Ela composta do encaixe da cabeça do fêmur com o osso da pelve ou bacia. A cabeça do fêmur deve ser esférica e estar com um encaixe perfeito com a bacia. Qualquer mínima deformidade ou imperfeição neste encaixe irá levar a um desgaste precoce da cartilagem da articulação do quadril. Esse desgaste precoce é a artrose. Como a cartilagem não é inervada geralmente a pessoa que tem artrose do quadril não tem dor inicialmente. Ela começa a notar que os movimentos daquela articulação são um pouco mais limitados ou as outras pessoas falam para ela que ela esta mancando, pois normalmente, quem começa a mancar não percebe.

Existem estruturas inervadas no quadril que ao serem lesadas, seja por trauma no esporte ou por uma queda com as pernas abertas, por exemplo, as quais acarretam dor geralmente na virilha, região glútea, região lombar e, até mesmo no joelho e perna. Nestes casos a dor pode surgir sem estar associada a uma artrose, Mesmo assim, essa dor deve ser investigada e sua causa deve ser tratada.

Os outros sinais indolores citados anteriormente (mancar e limitação de movimentos) também são sinais de alarme que geralmente as pessoas ignoram. Os conhecimentos das causas desses sinais indiretos entre os cirurgiões de quadril irão se propagar cada vez mais nos próximos anos. A cirurgia do quadril sofreu uma verdadeira revolução com a introdução da artroscopia do quadril na década de 90. Em 2005 e 2006 esses conhecimentos têm se propagado cada vez entre os cirurgiões de quadril. A artrose idiopática ou também chamada artrose com causa desconhecida está com seus dias contados. A boa noticia é que estamos no caminho certo isto é, estes conhecimentos trouxeram ao mesmo tempo soluções. Isto significa que se conseguimos diagnosticar precocemente uma artrose do quadril, poderemos fazer as devidas correções cirúrgicas para aperfeiçoar o encaixe da cabeça do fêmur com ao acetábulo ou bacia. Se conseguirmos tornar a cabeça do fêmur esférica novamente e ou acertar as irregularidades do acetábulo (este encaixe é semelhante a uma bola e um soquete perfeitos), poderemos evitar a progressão da artrose do quadril evitando uma prótese no futuro. Isto significa que salvaremos um quadril, uma pessoa de muito sofrimento, e poderemos até evitar uma prótese ou muitas próteses economizando muito para o País.

Esse conhecimento apesar de novo no meio médico deve também ser conhecido pelo público leigo o qual, por sua vez, deve divulgar este tipo de informação. Enquanto não houver uma consciência da gravidade e o alto custo que uma artrose do quadril pode levar, continuaremos tratando problemas graves, deixando jovens sofrerem por muitos anos até que o sistema público ou privado resolva, temporariamente, pois uma prótese tem uma vida útil, o problema deste jovem que pode ter de 20 a 60 anos.

As figuras a seguir ilustram um quadril normal (fig 1), um quadril alterado em posição de pé (fig 2) e o mesmo quadril alterado em posição sentada onde o caroço da deformidade da cabeça apresenta um choque com ao acetábulo levando a lesão do labrum e a artrose (fig 3). Os jovens portadores desta deformidade normalmente costumam sentir um desconforto na virilha quando ficam sentados muito tempo, ou dor na virilha que se irradia para a face anterior da coxa após os esforços físicos. A retirada do caroço ilustrado nas figuras pode reverter o processo da artrose.



Quadril normal Quadril alterado em posição de pé
Quadril alterado em posição sentada
AS PEQUENAS DORES DO QUADRIL, REGIÃO LOMBAR, GLÚTEA OU MEMBROS INFERIORES NUNCA DEVEM SER MENOSPREZADAS.
A dor é um sinal de alarme. É sinal que algo está errado. Os conhecimentos das causas dessas dores têm aumentado muito nos últimos 3 anos. A dor no quadril dos adultos jovens é freqüentemente caracterizada por sintomas não específicos, exames de imagem normais (RX, tomografia e ressonância nuclear magnética), e achados “sem muita importância” (para o clínico geral) na história e exame físico. Portanto, a identificação da origem e ou do mecanismo causal da dor pode ser difícil. Ao mesmo tempo, o tratamento necessita ser específico pois os efeitos deste tratamento é que mostrarão sua eficácia ou não. Um tratamento inespecífico de nada adiantará. É necessário conhecer a causa para tratá-la. O trauma no quadril jovem aumenta o risco de osteoartrose com o avanço da idade. Quanto mais jovem o paciente com artrose, mais cedo o mesmo deverá receber uma prótese, se não for instituído o tratamento específico o mais breve possível. Como foi dito na semana passada, a cartilagem não dói pois não é inervada. Quando a dor devido a artrose aparece, significa que não há mais cartilagem e que o osso logo abaixo dela (osso sub-condral) está sendo afetado. O osso sub-condral dói muito pois é ricamente inervado (como acontece com a dor de dente que acomete o canal).
Nos adultos jovens a dor geralmente é regional e geralmente ocorrem secundários a traumas recentes ou antigos. Eventualmente pode ser de outra região. Felizmente outras estruturas inervadas do quadril podem alertar para o início de uma artrose como, por exemplo, uma lesão do labrum acetabular, uma lesão do ligamento da cabeça do fêmur, uma inflamação da cápsula sinovial (sinovite), um corpo livre intra-articular (fragmento ósseo ou cartilaginoso que se desprendeu com um trauma).

Outras doenças sistêmicas, isto é, que atingem outros órgãos podem afetar o quadril e causar dor. São elas: - artrites secundárias a espondiloartropatias soronegativas (espondilite anquilosante, síndrome de Reiter, doença de Crohn, colite ulcerativa, artrite psoriática), lupus eritematoso sistêmico, artrite reumatóide. As doenças regionais são: - necrose avascular da cabeça do fêmur, infecção, neoplasia, condromatose sinovial, malformações do desenvolvimento como luxação ou displasia congênita do quadril, escorregamento da cartilagem de crescimento da cabeça do fêmur, seqüelas de fraturas do fêmur e ou acetábulo.

A mais estudada de todas estas patologias que levarão ao desgaste do quadril é o choque da cabeça do fêmur que leva a uma lesão de labrum, lesão da cartilagem e conseqüente artrose. Este choque é causado pela deformidade adquirida ou não da cabeça do fêmur. A perda da esfericidade perfeita da cabeça do fêmur irá levar ao desgaste do quadril precomente. É na fase de poucos sintomas que devemos intervir cirurgicamente na tentativa de aperfeiçoar esta esfericidade perdida. Os sintomas desta síndrome reconhecida recentemente são:



• DOR INTERMITENTE NA VIRILHA
• DOR EM POSIÇÕES PROLONGADAS COMO SENTAR E DIRIGIR
• SUBIR ESCADAS
• CRUZAR A PERNA AFETADA SOBRE A OUTRA
• DOR NA FACE LATERAL DO QUADRIL
• DOR NA REGIÃO GLUTEA ENQUANTO DORMEM (MUITO CONFUNDIDA COM DOR DE ORIGEM CIÁTICA) E NECESSITAM DE TRAVESSEIROS ENTRE AS PERNAS PARA DORMIR MELHOR


Nos aprofundaremos mais neste assunto em relação aos achados de exame físico como análise da marcha do paciente, áreas dolorosas específicas, e testes específicos.
Apesar de este assunto parecer muito técnico, você pode fazer a diferença sabendo reconhecer precocemente um quadril em risco. Você leitor da coluna Ortopedia de Ponta pode ajudar a divulgar estas informações.
As áreas indicadas na figura mostram o local do choque entre o segmento cabeça-colo e acetábulo que devem ser retirados cirurgicamente para evitar ou postergar o desgaste precoce do quadril (artrose).

136 comentários:

  1. Boa Tarde Ane!
    Impressionante como dor crônica em jovens, principalmente em nós, mulheres, é pouco valorizada/ investigada. Tudo é psicológico, somos discriminadas.
    Tenho 33 anos, sou médica cardiologista e intensivista e há 1 ano, após quadro de sinusite prolongado inicirei um quadro de dor em quadril direito. Inicialmente foi conduzido como artrite reativa porém, após 3 meses, a dor persistia com períodos de exarcerbação importantes e reiniciei a investigação percebendo, entretanto, pouco entusiasmo e valorização por parte dos colegas médicos. Após alguns exames "inespecíficos", fisioterapia e osteopatia foi-me recomendado "esquecer a dor". Consultei vários especialista na minha cidade e em São Paulo e não tive diagnóstico, nem conduta. Eu segui a recomendação dos "esqueça" mesmo percebendo que aos poucos fui perdendo mobilidade do quadril, precisei reduzir carga horária de trabalho, tornei-me completamente sedentária e até pensei em tormar um anti-depressivo tricíclico que usamos para dor crônica. Há 1 mês atrás a dor e mobilidade pioraram sensívelmente e parei totalmente de trabalhar. Após muita pesquisa e telefonemas (nem o Sara Kubitsheck pôde conduzir meu caso) tenho consulta marcada com Dr. Emerson Honda (Chefe do dept. quadril do Santa Casa SP) na esperança de uma "luz", uma nova condução do meu caso.
    Fui meio prolixa como protesto e no intuito de mostrar que mesmo eu sendo esclarecida, médica de um grande hospital com serviço de ortopedia e com várias consultas e exames (graças a Deus tenho um bom plano de saúde) estou há 1 ano com dor e perda da qualidade e produtividade de vida. Imagine quem depende exclusivamente do SUS e não tem condição de sempre buscar uma outra alternativa! Estes sim terão relatos ainda maiores e mais sofridos que o meu. Tenho Esperança de escrever brevemente neste blog para relatar o sucesso do meu tratamento. Estou a disposição para o que eu puder ajudar também! Precisamos alertar a população a não aceitar qualquer 'hipótese" quando seu caso não estiver sendo resolvido. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana hoje faz quatro dias que estou sentindo uma dor horrível localizada do lado direito do quadril, irradia para virílha descendo até o joelho, não tenho plano dependo do SUS´e como você relata realmente é muito difícil não sabendo o que pode ser procurei investigar através da internet e encontrei teu depoimento, só nos resta confiar em Deus, que pode fazer um grande milagre!

      Excluir
    2. tenho luxação bilateral do quadril. há 13 anos foi descoberto. sofro dores e falta de equilíbrio e preconceito das pessoas que não percebe tal problema pois meu corpo pareasse perfeito alem disso sou vaidosa. não fiz cirurgia ainda os médico dizem que é melhor adiar.fico a maior parte do tempo em repouso.me cuido pelo sus é mesmo muito dificio.

      Excluir
    3. Oi Adriana.
      Há mais ou menos 2 meses uma dor insuportável comelçou na minha virilha seja sentada , em pé, caminhando, dirigindo... Há dois dias sinto uma dor forte no quadril inteiro e um "formigamento" ou parece que minha perna está leve demais. Não sei explicar direito, mas talvez amortecida seja a palavra. Vou começar a andar um pouco mais hoje. Vc acha que pode fazer mal à minha saúde? Já que sou sedentária, imaginei que um pouco de exercício físico possa melhorar. Dá uma luz por favor?

      Excluir
    4. oi boa noite te aconselho a naõ fazer caminhadas,sem conversar com seu ortopedista,poi eu tambem passo pelo mesmo problema,que voce,tentei caminhar,meu estado piorou,fui encaminhado para cirurgia no hospital de ipanema,do sus

      Excluir
  2. que bom ter você aqui Adriana,
    concordo plenamente com você passei anos sem diagnóstico e indo a psi tudo, mas não podemos desistir nem nos calarmos, um dos motivos desse blog é conscientizar as pessoas que sua doença é real, até que seja psi, mas não se pode substimar a dor de ninguém
    obrigada e o que vc quiser postar,pode me enviar pelo e-mail anefloral@gmail.com
    beijos e melhoras

    ResponderExcluir
  3. Ola eu me chamo Simone,há 2 anos mais ou menos começei como uma dor no quadril,que me deixaram mancando por varios dias,onde trabalhava diz o orotopedista que seria uma ciaticalgia,tratei e sempre volta com maior intensidade tem dias que não durmo e nem consigo andar,tomo analgesicos e não resolvem ja fui em medicos e so tenho diagnosticos de ciatico...não sei mais o que fazer...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc já fez exame de ressonância ?

      Excluir
  4. Simone, bem vinda
    imagino sua angustia, mas tente um médico especialista em dor
    tente acupuntura, e boa sorte

    ResponderExcluir
  5. Ane Coelho,
    boa tarde,
    Minha mãe sentia muita dor ao andar e possuia encurtamento da perna, já mancando. Mas os médicos apenas recomendavam que ela tomasse analgésicos e antinflamatórios. Fizemos um exame de RX pela santa casa de sp e deu artrose de quadril bem elevada, já com indicação de cirurgia, mas lá não tinham vaga pra opera-la. Vc saberia me informa por onde devo começar a procurar atendimento médico para ela, uma vez que já temos o diagnóstico?
    O médico sugeriu que pagassemos um plano de saúde. mas não temos condições, ale´m do que demoraria 2 anos de carência. Temo que ela não aguente tanto tempo e tenha a saúde agravada até la...o estômago dela já dói com tantos remédios e não dorme direito a cerca de um ano. Além de ter perdido a autonomia...não consegue andar fica deitada o dia inteiro e depende de nós para tudo...Era uma mulher ativa, doi o coração ver o que aconteceu com ela.
    grata
    patricia

    ResponderExcluir
  6. olá marcelo agostinho,
    imagino, esse Brasil em termos de saúde está mal das pernas e nós pagamos caro, caríssimo, muitas vezes com a vida
    tente o hospital 9 de julho, hospitais universitários, são especilizados , não deixe parado, e melhoras pra sua mãe

    ResponderExcluir
  7. sou Irene, moro em GO, comecei a sentir dor na coxa e em 2 semanas se erradiou até a virilha e ficou la, fui ao ortopedista fiz raio x e ressonancia ele so disse que é má formação do quadril estou tomando medicamento forte por um mes para ver o que faremos depois, mas achei uma reportagem que falo sobre o lupus e essas doenças do quadril e isso me preocupou pois descobri o lupus a uns 5 anos e esteve sobre controle sempre, voce tem conhecimento do assunto. obrigada

    ResponderExcluir
  8. Irene,
    vc deve relatar ao ortopedista o seu lupus, mesmo que esteja em remissão, é um fator importante, não só para diagnosticar como pra medicar.
    é possível o lupus atacar sim articulações, portanto vá a seu reumatologista urgente
    boa sorte

    ResponderExcluir
  9. olá meu nome Elizabeth,tenho 29 anos,a minha história é parecida com a de Adriana,sofro todos os dias ,tem dias que não consigo nem colocar roupa,antes essa dores vinha a cada 4 meses ,agora as dores vem em intervalos pequeno,já procurei todos os especialista de coluna e nada,a ultima vez fui em um especialista do quadril e adivinha nada,os diagnosticos são os mesmo,como pode não ser nada ,e essa dores que me impede as vezes de andar é nada,fico indignada com os descaso,isso porque tambem tenho convênio,já faz 4 anos que estou em busca de um diagnostico,para fazer o tratamento correto,não ficar tomando varios tipo de remédios sem saber o diagnostico.obrigada

    ResponderExcluir
  10. oi meu nome é pierre começei com os mesmos sintomas que vcs hoja ja operei duas vezes coloquei prótese nos dois femur ando normal trabalho faço tudo como antes operei com um especialista e professor da universidade de taubaté que opera até fora do brasil e da aulas pra outros medicos o nome dele ´doutor nelson franco ele atende no numer 12 363240 11 no momento ele esta de ferias mais volta dia 20 de agosto se vcs puderem falar com ele vai ser a melhor coisa da tuas vidas pois hoje estou sem dores e tudo aquilo que tinha medo e ignorancia a respeito das protes nao tenho mais pois foi simples a recuperaçao foi simples e hoje sou normal e faço tudo c omo antes .

    ResponderExcluir
  11. Meu nome é Lúcia, sou de BH.Há cerca de 18 dias minha coxa direita começou a doer, em seguida a regiao glútea do mesmo lado como se eu tivesse tomado uma injeção.Tive muita dor que se irradiava pela coxa e limitava meus dando espasmos eu gritava de dor.Dormia e acordava com dor, andando arrastando a perna direita, não conseguindo elevar a coxa.Procurei tres ou mais ortopedistas que me pediram raio- x da bacia. è ciático? Não...
    e assim comecei a tomar Biprofenide o que me aliviou depois do 6o. comprimido. a cartela tem 10. Tive que me afastar do serviço onde sou Operadora de telemarketing.Aguardo o resultado de uma tomografia da bacia. Após dois dias resolvi parar com a medicação pois o anti inflamtório é forte . Tomava de 12/12 hrs.
    Apos este intervalo ela começa a voltar. Me limita os movimentos.
    Estou aguardando uma consulta com um especialista em quadril daqui a 9 dias. Tá difícil.
    O que quero é recuperar, pois sou uma pessoa muito dinâmica e isto esta me dando depressão.
    Tenho fé em Deus que meu diaguinóstico será rá pido e eficaz, assim para todos aqueles que sofrem de uma dor e não encontram remédios eficazes.
    Fiquem com Deus.Julho/2010

    ResponderExcluir
  12. com certeza, tudo vai ser de rápida solução, não se deprima, tudo piora com o emocional
    forças e paciência
    bjks

    ResponderExcluir
  13. Nossa estou chocada com o relato da Dra Adriana (primeiro comentario daqui). O meu caso e' igual ao dela!
    So' que ainda nao desisti da atividade fisica! Que faço com dor!
    Essa semana estou numa crise terrivel de dor no quadril.
    Eu fui atendida no Sara, mas meus exames nao apontam nada.
    Muitos exames, medicos, fisoterapeutas e um ano e meio depois....ainda lutando contra a dor...
    Minha maior indignaçao foi quando um ortopedista disse que era caso de psiquiatra....Me senti totalmente desrespeitada....

    ResponderExcluir
  14. Voces acham que um rx seria suficiente para diagnosticar qualquer deformidade ou artrose no femur?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não,,,não é suficiente para diagnosticar qualquer deformidade ou artrose no femur,para descobrir no começo a pessoa terá que fazer uma ressonancia

      Excluir
  15. Ane sao 10 anos que sinto as dores na anca esquerda, nenhum analgesico ou antinflamatorio resolveu. Qual especialista neste genero indentificaria a causa da minha dor visto que ortopedistas nao identificaram, e a meu ver foram muito superficiais e rapido somente em prescrever um remedio. Voce poderia me indicar algum doutor realmente esperto no assunto? De preferencia se conhecesse em Curitiba, Joinville ou viajaria à SP se nao saber de doutores nas 2 primeiras cidades citadas.
    Sabe apesar de conviver com a dor, nao se consegue acostumar com esta, pois torna a vida mais dificil, amarga e incomoda. A ressonancia magnetica identifica o problema? E a tomografia? Obrigada pelo seu doar-se a quem necessita. Deus te abençoe...

    ResponderExcluir
  16. Miriam, procure um neurocirurgião, com certeza ele te dará um diagnóstico
    boa sorte

    ResponderExcluir
  17. OI ANE EU TAMBEM SOFRO COM DORES HORRIVEIS NO QUADRIL O ORTOPEDISTA FALA QUE E DESVIO DE BACIA EU SO SEI QUE ESTOU CADA DIA PIOR TOMO REMEDIOS FORTES E O DR NAO PEDIU EXAME DE OSTOPOROSE SINTO AS MINHAS COXAS ENXADAS UM DIA QUEM SABE BEIJOS.

    ResponderExcluir
  18. Oi Ane,estou preocupada pois tenho tido dores no quadril ao me levantar , se estou em pé está tudo bem mas se sento ou me deito ;ao levantar doi bastante,fico nervosa pois já tive linfoma nos ganglios linfaticos e na medula,será q tem alguma coisa à ver? obrigada bjos.

    ResponderExcluir
  19. Estou a dois anos com o mesmo problema do últimos depoimento. Raramente meu quadril doí quando estou deitada, mas quando me lavanto depois de duas horas sentada trabalhando, tenho que arrastar minha perna. Já passei por quatro ortopedista, fiz um milhão de infiltrações, a última me tirou a sensibilidade da pele, no local onde foram aplicadas. Parei de malhar, engordei 8 quilos e como tenho 50 anos é muito difícil ter que ficar sem atividade física. Estou péssima, não sei mais a quem recorrer. Fiz examesde densidade óssea, rx, etc,, tudo normal. Espero que o tempo não seja meu inimigo.

    ResponderExcluir
  20. Marcia,
    vc já procurou um reumatologista e um clinico da dor?
    espero que vc fique bem
    melhoras

    ResponderExcluir
  21. a vcs que escreveram, procurem um especialista em quadril ou mesmo um reumatologista, não sei responder a vc que teve linfoma, mas não acredito que seja
    se cuidem e mandem not´cias

    ResponderExcluir
  22. OLA.. ESTOU COM DOR NESSA REGIAO CIDADA NO TEXTO ACIMA..
    GOSTARIA DE SABER QUAL 'E O NUMERO DE CONTATO DE VOCES.
    pOR FAVOR SE POSSIVEL ME ENVIAR UM EMAIL PARA LACERDAFILIPE@HOTMAIL.COM
    OBRIGADO
    fILIPE

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Sou Maria Amelia moro na cidade de Louveira/sp tenho plano de saúde Unimed a uns dois meses estou sentindo dores na verilha, gluten, perna quando fico muito tempo sentada piora e se fico deitada de lado tb.doe. Fui a um Ortopedista da Unimed contei o caso e tirei um Raio X êle já olhou e disse que estou com um grande desgaste no quadril do lado direito não ligou muito e passou um relaxante muscular.Começei a pesquisar e estou realmente preocupara pois tenho 60 anos e preciso ter boa saúde pois cuido da minha mãe que tem 85 anos e só tem a mim. Meu plano pertence a cidade de Jndiai vcs. conhecem um bom ortopedista. Por favor me ajude.
    Maria Amelia.

    ResponderExcluir
  24. Meu nome é Lillian, tenho 29 anos e há alguns dias estou sentindo muita dor no quadril, região lombar e nádegas. Estou sentido dificuldade até para andar. Costumo dormir de lado e com um travesseiro entre os joelhos, mas percebo que ao acordar parece que a mobilidade é pior, sinto até estalos no quadril quando me locomovo. Sou professora de Educação Física e estou sem dar aulas desde que a dor apareceu. Não sei o que fazer pois moro no interior do Rio Grande do Norte, em Mossoró, e a condulta dos médicos me deixa ainda mas preocupada, pois nada que eles recomendam adiantou. A dor não irradia para os membros inferiores, por isso acho que não se trata de hérnia de disco. E pelos estalos no quadril, vejo que o problema está nele mesmo. Queria saber se poderiam me dar algum tipo de ajuda... Um nome de um ou nomes de Médicos bons na minha região, poderia ser em Fortaleza-CE ou em Natal- RN pra eu poder alguma alguma esperança de melhora.

    ResponderExcluir
  25. Meu nome é maria aparecida e a 5 anos sofro com dores nos quadis com diagnostico de tendinite e burcite,depois de todos os tratamentos possiveis;remedios,fisioterapias,acumputura,hidro,gelo,tem dias que não consigo me mover,minha vida mudou radicalmente,ainda tenho que ouvir do medico que isto não é motivo para afastar do trabalho(sou agente de saude)e tenho é que caminhar muito,não sei mais o que fazer.

    ResponderExcluir
  26. bruno...tenho dores no quadril direito,fiz um Rx deu normal,mas na ressonancia constatou lesão no labrum acetabular.o medico falou que tenho um desgaste no quadril e me receitou pra tomar artrodar por 2 meses.ja duas semanas e naum senti melhoras!

    ResponderExcluir
  27. sou josineide tenho artrose da cabeça do femo e sinto muitas dores já fiz varios tratamentos com remedios mas naõ resolveram e agora estou tentando conseguir a cirurgia dizem que esse problema aconteçe mais em idosos mas so tenho 33 anos.

    ResponderExcluir
  28. Sempre senti um certo incômodo na virilha esquerda, mas problema se agravou na gestação do meu filho a cinco anos atrás, desde então venho sentindo dores que aumentam de acordo com a intensidade da atividade física, finalmente com um plano de saúde resolvi buscar ajuda de um ortopedista, com base em meus relatos e um exame local ele me pediu um R X e já me adiantou que sofro de osteoartrose, fiquei muito triste ao pesquisar mas ao menos tive um diagnóstico que parece ser o correto, de acordo com o que tenho lido sobre o assunto, pior são as pessoas que nem estão conseguindo identificar o seu problema aí fica mais díficil curar o invísivel! Farei o Rx e espero que o tratamento me ajude, Desejo sorte a tds que buscam ajuda para esse problema e ñ desistam , pois dor ñ se guarda na gaveta! Fiquem com Deus!!

    ResponderExcluir
  29. sinto dor na quadril,quando levanto doi como se descesse para a perna qualquer movimento que faço doi ja fui ao otorpedista tomei remendio mas a dor continua,,,,,gostari que você me ajudasse com as suas orientaçoaes obrigado.

    ResponderExcluir
  30. essas dores pode vim por uma incorreta de dormmir

    ResponderExcluir
  31. Olá a todos, sinto o mesmo que a Adriana. Tenho 38 anos, e há alguns meses tenho sofrido com dor no quadril esquerdo. Sou mãetorista, e cada vez que tenho que entrar e sair do carro, é uma tortura, para dormir é outra, e ao levantar é outra pior ainda, pois para ajudar tenho fascite plantar e esporão, então, com todo respeito aos mais velhos, estou parecendo uma senhora de 190 anos. Até eu conseguir me endireitar pela manhã leva alguns longos minutos. Fui ao ortopedista que fez um RX e identificou bursite, me fez uma infiltração e me garantiu que uma só bastava. Mas após uns 10 dias tudo começou novamente.Pelo Tenho histórico familiar de osteoporose, artrite e artrose. Pai, mãe, tios, todos mancam, uns com prótese, muito sofrimento, não quero passar por isso. Estou acima de meu peso, e me matriculei em uma academia para ajudar a perder peso, mas um segundo ortopedista me proibiu de fazer exercícios e até mesmo de caminhar, pois tb tenho um rangimento nos dois joelhos que parecem duas portas enferrujadas (por enquanto não doem). Ai senhor, só por Deus, o que fazer??
    Adriana, vc que iria falar com o médico da Santa Casa, se ler esse recado, por favor, nos fale sobre o desfecho de seu caso.
    E aqui fica a minha pergunta: Não posso fazer nenhum tipo de exercício mesmo??? Infiltrações não adiantam? Existe algum medicamento modernoso que reforce a cartilagem? Como é feita essa cirurgia para evitar que se agrave?


    Obrigada e Boa sorte a todos. KC

    ResponderExcluir
  32. Minha mae esta na pior ja encurtou a perna e chora de dores dias e noites, e ainda sofre de pressão, segundo o medico é desgaste no Fermur.


    eles propos a ela por varias que fizessem cirurgia e colocassem protesse, segundo eles deu certeza que as dores acabaria. e alias uma amiga da familia fez a mesma cirurgia e colocou protese e afirmou que a vida dela mudou 100% , e minha mae nao quer a cirurgia pois tem medo de ser o fim e nos filhos nao insisti muito por motivo da errado e nos ficarmos sentindo culpado>

    me responde: a Cirurgia a protese resolvem: minha mae tem 65 anos.

    ResponderExcluir
  33. olá a cirurgia para colocação de prótese é em sua maioria muito eficaz.
    ela deveria tentar ter uma qualidade melhor de vida.
    não tenham medo
    bjs

    ResponderExcluir
  34. Bom Dia...eu tenho 25 anos desde os 18 sinto muitas dores no quadril, mas infelizmente muitos medicos não se interessa por ser novo, mas vou lutando com o passar dos anos comigo mesmo, os sintomas que sinto são: como se separasse o corpo em dois, quadril para baixo e quadril para cima e colocasse uma taboa de pregos no meio, doe bastante na epoca de frio e trava tudo até esquentar, no calor não doe! mas não posso fazer exercicios pq trava, já foi diagnosticado sacroileite, e por fim a poucos meses o medico fez um raio x e falou que acha que é artrose(coxartrose), sabado agora 05/03/2011 fiz uma ressonancia magnetica, bom agora realmente depois de 7 anos saberei o que é...quando criança caiu uma tora em minha perna e fez um certo estrago, o medico disse que encurtou a pena, e com o passar dos anos cresci apoiando em lados diferente ocasionando a artrose...

    mas uma veterinaria me falou de um medicamento que é bastante usado com animais para crescimento de articulações fiz algumas pesquisa e paress mesmo interesante..os produtos são:

    Sulfato de glucosamina
    sulfato de condroitina
    + msm.

    pesquisem é interesante

    OBS: será que uma verterinaria vai resolver o caso e não o ortopedista? eis a questão!!rs

    ResponderExcluir
  35. esquici qualquer contato: audeir12@gmail.com

    ResponderExcluir
  36. Oi sou a julia de Botucatu sp tenho as dores no quadril faz 10 anos , mas só a 2 meses elas pioraram de unm jeito que tá mudando minha vida ,dói de todo jeito acordo com dor e ando com dificuldade e tbm tomo remédio como diclofenaco e analgésicos para amenisar a dor ,mas nao adianta ,acredito que além da displasia acetabular deve existir algo a mais nos músculos da coxa ,que está causando uma dor maior do que antes,isso ta me deprimindo,me ajude a mudar isso por favor,obrigada.

    ResponderExcluir
  37. Oi , sou a julia e ainda nop meu caso os médico diz que a cirurgia de prótese deveria ser feita com 60 anos e eu tenho 43 e se ue quiser fazer agora deveria assumir todos os riscos,isso é justo? quando eu queria ter uma vida normal e sem dor agora! e tbm depois da cirurgia tenho que viver com limitação isso tbm não é justo.Desejo a todos boas melhoras.fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  38. Por favor preciso entrar em contato com a Dra .Adriana do primeiro depoimento .Pois vivo uma situação muito similar.Adriana se puder
    acesse o meu blog.
    folhart.blogspot.com
    Um abraço Cecéu.

    ResponderExcluir
  39. Olá pessoal..olha eu denovo...sai o resultado da Ressonancia magnetica. No laudo disse:

    Sacroileite esquerdo e direito!!
    sendo que no lado esquerdo tem pouco liquido sinovial e no lado direito derrame, bursite trocanteriana. O médico resumiu com Tendinite do Quadril(nas nadegas) por isso a dor e não movimento de quadril, mas graças a Deus não é Artrose!!Receitou antinflamatorios, fisioterapia, exercicios apenas caminhadas e natação. nada de bicicletas pois movimenta muito os tendoes das nadegas, olha acupuntura eu fiz essa semana e senti meu quadril mais flexivel,

    abraços t+, espero que ajude alguém, as dores parecia artrose mas era outra coisa e demorou 7 anos para descobrir.
    Não sei como expressar a gratidão a esse médico, por isso não desista, ainda há profissionais!!

    Audeir Nunes

    ResponderExcluir
  40. Meu nome é Adriana, tenho um filho de 16 anos.Há 3 meses atrás meu filho corria, jogava bola, andava de bicicleta e fazia nataçao.Em dezembro de 2010 começou sentindo uma dor leve no quadil esquerdo.Hoje, o único exercício que faz e andar até o carro de muletas para poder ir á escola.Quando volta, fica o rsto da tarde sentado.Ele ainda precisa de ajuda para colcoar a meia e amarrar o tênis.Eu estou totalmente desnorteada, choro todos os dias com a dor crônica que ele sente, dia e noite.O RX apontou um desgaste precoce da cartilagem e a ressonância uma sinovite.A causa dessa inflamaÇao ainda não foi descoberta.Já passei por vários ortopedistas com opinoões divergentes.A única coisa que sei é que ele tem uma condrólise, porém o que provocou essa inflamaÇão, ngm sabe.EStou passando ele no hospital das clínicas de SP, e agora ele fará uma artroscopia de quadril para diagnosticar o problema.Todos os dias me pergunto, como pode um adolescente saudável ficar totalmente limitado em apenas 3 meses?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Adriana, me edentifiquei muito com o seu caso, tenho uma filha de 12 anos (fêz semana passada), e desde o final de 2010 que venho lutando com ela com um problema no quadril, sou aqui de BH e aqui tem um hospital muito bom o Sarah onde tenho levado ela desde o inicio. Ela começou sentir dores na perna em 2008 só que em 2010 que veio a piorar, no inicio o médico diagnosticou a doença chamada Leg Calvie Perthes, mas depois chegou a conclusão que é Condrólise Ediopatica do Quadril no adolescente, uma perda no espaço articular com a paralisação do quadril no caso dela o direito, eles fizeram de tudo... tração, hidro, natação, fisioterapia, seguido de remedios para dores, enfim não deu certo... agora a solução para eles seria uma cirurgia no quadril, hoje ela ainda tem que andar com muletas, me doi muito vê-la assim, pois até pouco tempo atrás ela andava perfeitamente, mas sei que Deus está no controle de tudo, creio num Deus que opera milagres, e sei que vou vê-la andando normalmente novamente. Um grande, e que Deus abençoe seu filho tbem.
      Raquel - e-mail para contato: raquelrba@yahoo.com.br

      Excluir
  41. Olá Adriana!!

    Vendo seu relato, é bem parecido com meu caso hoje tenho 25 anos mas sinto dores desde os 18 anos assim com seu filho também trabalhava de bicicleta o dia todo, era bem ativo parei de trabalhar com duas semana meu corpo nunca mais foi o mesmo só que eu demorei 7 anos para descobrir a sinovite sacroileite bursite no quadril, pois os medico falavam que era pq sou magro e tinha que fazer exercicios nunca descobri as causas e terça agora dia 29/03/2011 o medico falou que era uma tendinite, quando começou eu travava e os pés inchavam do nada, com o passar dos anos só na época de frio, mudança de clima que doia!!

    a respeito do desgate de cartilagem, ouvi falar do sulfato de glucosamina e sulfato de condoitrina e msm, pergunte para o medico dele sobre ele, muito medicos desconhecem esse produto.
    qualquer coisa audeir12@gmail.com

    ResponderExcluir
  42. Audeir
    Obrigada pela indicação do remédio, o médico receitou o condroflex para ele, é a mesmo princípio ativo, ele já tomou 40 cápsulas.Mas realmente ele não melhorou em nada, pelo contrário, vejo meu filho piorar a cada dia que passa.Gostaria de saber como foi seu tratamento, você consegue caminhar normalmente?TEve alguma melhora?

    ResponderExcluir
  43. Audeir
    Meu filho também é bem magro e alto, tem corpo bem longilíneo....

    ResponderExcluir
  44. Adriana!!

    O que estabilizou minhas dores foi o passar dos anos, ando normal as vezes tenho a marcha mas o problema é mudança de clima o frio, olha esse é o maior problema frio, as indicações é sempre a alongamento e caminhadas.
    o que observei é que quando o corpo esquenta diminue as dores e aumena a flexibilidade do quadril, mas quando está inflamado a receita é repouso.

    a respeito dos principios ativos que citei, são de reconstrução da cartilagem não são anti inflamatórios.

    att

    Audeir

    ResponderExcluir
  45. Olá, meu nome é Rodrigo, tenho 29 anos, sofro com dores no quadril a cerca de 17 anos(pelo menos desde que a dor começou), o primeiro diagnóstico foi um erro, anos e anos de dor antes de ter um diagnóstico correto. Resolvi postar porque aqui li muitos depoimentos de pessoas com os mesmos sintomas que eu possuo; hoje estou aguardando a cirurgia, o meu problema chama-se impacto femoro acetabular que caracteriza-se por uma deformidade na cabeça do fêmur, no osso da bacia ou em ambos, talvez possa ajudar alguem que possui estes sintomas:

    dor ao tentar levantar a perna lateralmente ate alvançar um ângulo de 90º;
    dor na virilha ao juntar os joelhos;
    dor forte ao afastar as pernas;
    quase que impossibilidade de cruzar as pernas;
    travamento da articulaçao ao deixar as pernas na mesma posição por muito tempo, as vezes só resolvido após um forte estralo dos ossos;
    extrema dificuldade para colocar meias, pois quanto mais seu peito aproxima-se do joelho, maior é a dor na articulação. Meu médico disse que se meu problema fosse tratado agora não teria a necessidade da colocação de próteses. Se alguém tiver os mesmos sintomas pesquise sobre pinçamento do quadril...dos tipos Came, Pincer, ou ambos. Muitos anos atrás eu fazia tae-kwon-do e tinha um excelente alongamento...hoje sofro para colocar uma meia eheh....bom saber que existem medicamentos para reconstruir a cartilagem :)....vou precisar disso.
    Espero ter ajudado,

    Rodrigo.

    ResponderExcluir
  46. Ola, tenho 42 anos,a um ano sofri um acidente,bateram na traseira do meu carro, na hora do acidente nao senti nada,mas depois de 3 dias comecei com uma dor muito forte no quadril,procurei os medico eles diseram que era a coluna,mas os remedios nao resolveram nada,fico ate tres meses sem sentir nada,mas cada vez que essa dor volta ela vem mais forte,e agora tem mais 20 dias que estou sofrendo com essa dor e os medicos nao me dao diagnostico.nao sei mas o que fazer...se alguem tiver uma sugestao por favor ente em contato comigo...

    ResponderExcluir
  47. Olá, tenho 39 anos, com 22 anos de idade sofri um acidente de carro, bati o joelho no painel do carro que se deslocou e subiu para a bacia que causou uma fratura de acetábulo, estava lendo aqui no blog alguns casos sobre dores no quadril causado por atrose,ou perda de cartilagem,no meu caso eu perdi toda a cartilagem por causa do trauma causado pelo impacto forte, sempre senti dores, com o passar dos anos fui perdendo mais mobilidade e as dores foram aumentando, sinto dor todos os dias e a toda hora...é feio dizer mas já até me acostumei...não consigo colocar meias, tênis,não chego até meu pé, perdi toda essa mobilidade, mas o que está me ajudando muito é que comecei a fazer hidroginástica, só que recomendo consultar um especialista pois cada caso é um caso não é mesmo? mas fora isso, estou a procura de algum tratamento ou alguma solução cirúrgica mas que não seja preciso colocar prótese, não queria mesmo, principalmente pelo fato dela ter vida útil,e cirurgia de acetábulo é grande demorada e com o risco de ficar com uma perna mais curta que a outra, e fora que é retirado a cabeça do fêmur, do qual eu não tenho nada, meu problema é na bacia e qualdril,só que já está pegando osso da bacia com o fêmur, por isso das dores horríveis, se alguém souber de algo,como tratamento ou até mesmo algum especialista com alguma novidade a respeito, entre em contato comigo, (pati_1vd@hotmail.com)sempre estou pesquisando mas para quadril não vi nada ainda de inovador, inclusive andei vendo sobre célula embrionária e tals,mas nada concreto. Obrigada...abs Pati

    ResponderExcluir
  48. Olá,meu nome é Babara e tenho 22 anos.
    Também estou com muita dor na perna esquerda. A mais de dois anos fiz tratamento pois sentia muita dor na região do quadril (lado esquerdo) e o ortopedista disse que estava com desgaste (viu esse problema em uma radiografia comum-rx) fiz o tratamento com remédios manipulados que davam muito sono e 1 infiltração (horrível por sinal, doe muito).
    Depois foi diagnosticado que o desgaste tinha sumido e que tinha me curado.
    Sempre tive muitos problemas com a coluna, sinto dores por todo o corpo, é horrível, da muita tristeza, ainda mais na minha idade.
    A mais de 2 meses estou com uma dor intensa, dia e noite, na perna esquerda, é uma dor que irradia por toda perna, e pega alguns pontos mais forte, no meio e do lado da nádega, do lado da batata da perna e encima da coxa... não consigo me movimentar, por uma calça, shot ou qualquer peça é um grande sacrifício, andar é muito difícil, e ficar em pé por mais de 3 minutos é impossível, da a sensação de que vou perder a perna de tanta dor, fica um peso puxando para baixo e é preciso sentar rapidamente, até banho estou utilizando uma cadeira por não aguentar ficar em pé. O pior é que até sentada dói agora. O mais revoltante é que tenho convênio, e as muitas vezes que fui (antes do problema agravar dessa forma) os médicos olharam na minha cara, perguntaram a minha idade e disseram: você é muito nova, vai para casa! Não sei mais o que fazer, analgésico nenhum resolva, e eu estou tendo minha vida limitada ao extremo.
    Estou pesquisando sobre vários problemas que podem ser o meu, e um deles que chamou minha atenção é a Fibromialgia, mulheres pesquisem sobre esse problema, ele ataca principalmente nós do sexo feminino, causa muita dor em vários pontos do corpo e limita a vida.
    Desconfio que posso estar com isso.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  49. ola tambem tenho dor no meu quadril ja fiz ressonancia e deu uma inflamaçao tomei remedio parou um pouco e agora começou denovo estou fazendo pilates pra ver se da uma melhorada

    ResponderExcluir
  50. nossa ane acho que estou com isso aí fui diagnosticada ciatico também mas tenho sinusite cronica,percebo que quando estou mas atacada minhas pernas parecem pesar toneladas e a dor entre bacia eo inicio da coluna é terrivel,ainda estudo fico bastante tempo sentada quando me levanto tem de ser bem devagar ,parece que vou partir ao meio,moro numa cidade pequena e certos tratamentos ainda nao tem o que me recomenda bjos adorei tudo isso aqui.

    ResponderExcluir
  51. Boa Tarde Ane, eu sofro muito com dores na região do quadril, ando mancando constantimente, não consigo trabalhar direito, e o ortopedista me disse que tenho que conviver com isto, que uma hora isso melhora. É revoltante um médico te falar que vc tem que conviver com dor.
    Adorei o blog, sei o que vcs passam.
    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  52. olá vou me identificar por wrr, estou com pobremas de dor no qualdril,sinto muita dor ao agachar lavar os pes estou mancando,et: o medico disse que estou com desgaste nos femo o que pode mais acontecer para piorar?

    ResponderExcluir
  53. Olá,ano passado jogando basquete eu bati quadril com o quadril de um colega meu mais eu levei a pior fiko inchado na época uns 2 meses e doendo
    depois paro a dor e ultimamente sempre quando jogo futebol ou alguma atividade fisica que necessita correr eu sinto dores depois no quadril quando ando ou quando faço algum movimento com a perna do lado que bati, e também parece que deu uma alteração no quadril do lado direito ele fika meio inchado mais não sinto dor por fora e sim por dentro e não sei indentificar onde é exatamente, queria saber o que pode ser essa dor ? Obrigado!!

    ResponderExcluir
  54. olá comecei a sentir dor na perna direita fias duas semanas a dor começa do lado do pé na parte de dentro e vai até a virilha começa fraca depois fica muito forte :( fies cirurgia vascular nas duas pernas no mies de outubro o medico retirou a safena da perna esquerda e preservou a da perna esquerda mais quando foi agora estou sentindo essas dor não me parece se um problema vascular!! tenho 39 anos meu nome e Marcia aguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  55. Meu nome e Luciana queria dar uma dica muito importante pra quem sofre de dores nos ossos, pois eu sofro a 9 anos e as dores sao terriveis, eu tinha dores no femur insuportaveis, quando resolvi engravidar ....disse a medica que nao iria esperar mais queria fazer o tratamento com vitaminas pra engravidar.... ja que os medicos nao descobriam nada sobre minhas dores de bacia ...... e foi ai que ela me passou exame de vitamina D.... e apenas nesse exame o hospital me enviou uma receita e a resposta do exame dizendo que eu estava em carencia de vitamina D que precisa de tomar as capsulas verdes de 50.000 unidade um por semana.....e olha a primeira capsula que tomei foi um milagre que nao acreditei .... eu nao imaginava que apenas um unica capsula faria um milagre daquele.... me levantei pela manha e nao sentia mais dores ..... eu sempre reclamei do meu colchao que tinha apenas 3 anos ...e sentia que meu colchao estava muito macio.... pois as dores que eu tinha nao conseguia ficar deitada... pois as dores da bacia havia subido pras costelas......A falta de vitmania D nos traz a nosso organismo inumeros problemas que ninguem imagina...... eu tive varios desde incidencia de cancer de mama e ovario fiz inumeros exames ate RX de pulmao de torax.... A falta de Vitamina D me deu problema ate mesmo no figado e tive que fazer ressonancia e tomografia do fiagado.... tive meu colesterol um pouco alto....eu ja estava em um estado terrivel de dores que se espalharam pelo corpo todo ....antes eram so na bacia....e com tempo vc vai percebendo que as dores vao subindo em direcao ao pulmao ..... tive inumeras dores que so sumiram com a descoberta da carencia de vitamina D .... isso e mais um alerta pra quem nao se alimenta corretamente e nao toma sol adequado... sem uso de protetores pela manha.... eu ainda estou em tratamento vou tomar durante 3 meses .. com a vitamina D tive uma reducao de dor em 90% vou esperar o tratamento todo pra saber se ira voltar as dores ou se ela vai sumir com o tempo.... creio que o medico deva me passar unidades mais baixas depois desse tratamento... espero ajudar muita gente .... pois essas dores sao terriveis... e ninguem merece dor.....se alguem precisar de ajuda me procure ... Boa sorte pra todos....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciana, boa noite!!!
      Como conseguir a vitamina D? Por favor, já não aguento mais de tanta dor. Obrigada Vera Maia.
      meu email veranegola@yahoo.com.br

      Excluir
  56. claudio pergunta: sinto uma dor na regiao lombar direita em cima das nadegas direita oq pode ser?
    obrigado de quem me responder um abraço galera

    ResponderExcluir
  57. Postei um comentário e ñ obtive resposta

    ResponderExcluir
  58. Oi,meu nome é Adriana tenho 28 anos a 2 anos e 6 meses luto contra uma dor insuportável no quadril direito já fiz duas cirurgias,mas ñ estou muito contente com o medico que faz meu tratamento ele me disse que é uma inflamação na bursa,mas isso pode causar tanta dor...Tenho um laudo de uma ressonância que diz assim significativa trocanterite do quadril direito notando-se sinais de bursite trocantérica com irritação da fáscia lata condicionando importante edema alterações morfológicas do lábio acetabular,degeneração do ligamento redondo,além do edema da fáscia notam-se sinais de derrame na profundidade do subcutâneo adjacente,degeneração na face anterior da junção colocapital do fêmur.Deformidade do contorno anterior da transição entre cabeça e colo femorais.e FIZ UM RAIO-X que diz minima retroversão acetabular á esquerda.Por favor se alguém souber falar essa lingua me digam na verdade o que quer dizer tudo isso,pois ñ aguento mais preciso de um medico honesto que me fale a verdade se rodeios e nem mentirinhas.Hoje estou aqui porque fiz uma artro ressonância e estou com pedidos de exames para outra cirurgia e estou com muito medo pois já fiz duas cirurgias e parece que cada vez está pior...Se alguém puder me ajudar ñ sei mais o que fazer..Obrigada pela atenção...

    ResponderExcluir
  59. Rita.Santa Bárbara D'Oeste-SP.
    Além da dor aguda do fêmur tenho anemia falciforme. E os médicos ainda não estão sabendo cuidar de mim.Estou com dor forte dia e noite, e a médica disse que já perdi a cartilagem da cabeça do fêmur. Gostaria muito de saber de tratamento quimico /fisico pra eu auto me ajudar e ir atrás dos médicos. Por favor me indicam o melhor.Muito Obrigada.

    ResponderExcluir
  60. olá a todos que não respondi e nem conseguirei responder rapidamente,

    andei muito afastada,mesmo eventualmente dando uma olhadinha, fui submetida a uma cirurgia de CA de tireoide no dia 14 de março de 2011, onde algumas complicações já eram de ser esperar pelas doenças autoimunes, enfim, agora estou voltando aos poucos ao circuito e me comprometo a ir respondendo como der, ok?
    muito obrigada a todos

    ResponderExcluir
  61. Oi Anne postei um comentário logo acima meu nome é Adriana aguardo uma resposta,assim que puder...bjs

    ResponderExcluir
  62. Oi pessoal meu nome é Tânia,a mais ou menos uns quatro anos atrás eu tive dores muito fortes no quadril direito e depois também no esquerdo, não podia dormir, o medico fez Rx que não acusou nada,receitou umas injeções que não surtitaram efeito, e disse que se não adiantase faria infiltrações, fiquei com medo e não retornei,nessa mesma época sofria de uma sinusite, febre, suores noturnos, tomei tanto remédio que acabei engordando 20 Kg em 6 meses,então comecei a apresentar irregularidade menstrual, meu ginecologista mandou fazer um exame de sangue e descobriu que eu estava com hipotiroidismo,alteração no colesterol e trigliceridios,e os médicos já não sabiam de onde vinha a dor nos quadris e as pernas já não se moviam direito, até que me passaram profenid que acabou com meu estomago tive que fazer uma cirurgia de esofago, então parei com todos os medicamentos, ficando apenas com o remédio para a tireóide, hoje descobri que o grande responsável por tudo isso que passei foi o hipotiroidismo, hoje já não tenho mais dores nos gluteos, quadris e joelhos, graças a Deus, outro blog que ajda a entender exames é mdsaúde.com e fala sobre artrose e outros assuntos que talvez possa ajudar alguém. Melhoras a todos.

    ResponderExcluir
  63. Oi,meu nome é Adriana tenho 28 anos a 2 anos e 6 meses luto contra uma dor insuportável no quadril direito já fiz duas cirurgias,mas ñ estou muito contente com o medico que faz meu tratamento ele me disse que é uma inflamação na bursa,mas isso pode causar tanta dor...Tenho um laudo de uma ressonância que diz assim significativa trocanterite do quadril direito notando-se sinais de bursite trocantérica com irritação da fáscia lata condicionando importante edema alterações morfológicas do lábio acetabular,degeneração do ligamento redondo,além do edema da fáscia notam-se sinais de derrame na profundidade do subcutâneo adjacente,degeneração na face anterior da junção colocapital do fêmur.Deformidade do contorno anterior da transição entre cabeça e colo femorais.e FIZ UM RAIO-X que diz minima retroversão acetabular á esquerda.Por favor se alguém souber falar essa lingua me digam na verdade o que quer dizer tudo isso,pois ñ aguento mais preciso de um medico honesto que me fale a verdade se rodeios e nem mentirinhas.Hoje estou aqui porque fiz uma artro ressonância e estou com pedidos de exames para outra cirurgia e estou com muito medo pois já fiz duas cirurgias e parece que cada vez está pior...Se alguém puder me ajudar ñ sei mais o que fazer,agora tbm descobri que estou com presença de bump na face anterior da junção colocapital do fêmur,indicando impacto do tipo efeito cam.Obrigada pela atenção...

    ResponderExcluir
  64. Adriana, embora tente pesquisar o mais possível,infelizmente esse laudo, além de bursite que realmente doi muito, mas não é cirúrgico, vc deve procurar um outro profissional, até pq precisa saber o que está gerando essa degeneração.
    vc é jovem e não opere sem saber de bastantes detalhes, riscos de continuar iqual ou pior, e o que te causou tantos transtornos.leia esses links e te desejo melhoras e boa recuperação
    http://www.alfigueiredo.com/sobrecobertura.html

    http://www.clinicadoquadril.com.br/doencas/impacto.htm

    ResponderExcluir
  65. tenho atrose no femur esquerdo,e gostaria de saber se posso praticar musculaçao,devido a perda da massa muscular,nao gostaria de colocar protese,sem mais obrigada

    ResponderExcluir
  66. olá, vc que tem artrose,
    cada caso é um caso vc deveria perguntar ao seu médico.
    seria irresponsável te responder sem saber como vc está de verdade.
    desejo melhoras e boa sorte

    ResponderExcluir
  67. Olá, pessoal, eu tive melhora desde que comecei o meu tratamento como já havia dito antes, fiz fisioterapia e infiltraçã que por sinal não doeu nada e melhorou muito, estou fazendo fisio ainda e espero voltar a correr rápido, depois de muitos anos esse frio que fez não travou o corpo isso é um sinal de grande melhora, a bursite que foi pra o gluteo(tendinite)e sacroileite!!
    qualquer pergunta só falar!!

    abraço Audeir!!

    ResponderExcluir
  68. olá me chamo Ilaine , tenho 27 anos e à 18 anos sofro de artrose nos dois quadris, mas até 3 anos atras eu ia levando minha vida trabalhei, namorei, fui pra balada e tudo mas neses ultimos 3 anos minha vida parou, tenho dores diariamente, nao consigo andar por mais de 10 minutos que as pernas travam a noite nao durmo direito, e os medicos do SUS me falam que na minha idade simplismente nao há o que fazer....
    só esperar o tempo passar pra ver o que aconteçe , será que eles querem que eu chegue aos 60 anos pra poder fazer uma cirurgia ???
    eu nao vivo mais , estou vegetendo,, me sinto muito mal, e ainda os medicos do INSS, me negam auxilio doença, me falam pra ir trabalhar , mas como ,meu Deus até quando vai isso??? triste, muito triste....

    ResponderExcluir
  69. olá Ilane,
    não se conforme, porém não se desespere, tente conseguir atendimento num hospital universitário, normalmente são muito mais eficazes que o SUS.
    outra coisa, tente fisioterapia em alguma facudade pública e tb uma terapia, pq ninguém suporta tanto estress sem ficar emocionalmente abalada, se cuide e boa sorte dê notícias

    ResponderExcluir
  70. ola mechamo ceila tenho 36 anos e adois anos venho sentindo muitas dores no quadril do lado esquerdo fiz uma ressonancia do quadril l esquerdo e os achados 1 distensao capsulo ligamentar junto a snfise pubica 2distensao tendineas ao longo do quadril a esquerda de aspecto preservado 3 edema no tecido adiposo que se interpoem entre a fascia lata e o grande trocanter femoral esquerdo inferior sobre carga mecanica. porfavor meajude com um diagnosrico ou oque estar acontersendo a perna do lado esquerdo quer travar ador sopara com dramal meajude pelo amor de deus jusus abençoe aguardo resposta ou miligue 069 32140019 ou 92276447

    ResponderExcluir
  71. Olá Ane.

    Primeiramente parabéns pelo post.

    Gostaria de informar que tenho uma vida esportiva ativa.
    Jogo bola, malho, corro na praia...

    Quando eu tinha 13 anos, fiquei internado no CTI e uma bactéria se alojou em minha distensão na perna, onde fizeram uma pulsão para analisar a necessidade ou não de um dreno na virilha. Graças a Deus não precisou, porém as dores nas pernas foram enormes nessa minha época no hospital.
    Pois bem, sai do hospital com encurtamento dos quadril e desde então manco um pouco.

    No ano de 2009 fiz um raio x, onde mostrou que eu estava com a cartilagem da cabeça do fêmur gasta.

    Hoje em dia, estou com 30 anos e para correr na praia ou jogar bola está sendo uma tortura, pois depois destas atividades a dor é enorme e só consigo dormir com um remédio para dor.

    No dia seguinte a dor é mais fraca e some, até que eu pratique novamente algum exercício que dê impacto em minha perna.

    O que devo fazer, a quem procurar ?

    Já me recomendaram para tomar um remédio para reconstruir a minha cartilagem.
    O que você acha ?

    Obrigado.

    Leandro

    ResponderExcluir
  72. Tenho este mesmo problema, descobri a pouco tempo, faço muitos esportes e o psciologico fica fds ...

    O negocio é o seguinte ...

    Ninguém mais vai falar melhor do que está escrito neste BLOG.

    As regras são praticar natação,evitar atividades físicas de impacto principalmente pesos. E aprender a conhecer o seu corpo e respeitar os seus limites.

    A melhor forma para diagnostico com toda certeza é consultar um médico para avaliação e realizar uma ressonância. Depois disso o médico vai avaliar falar a reali ...

    O grande problema nesta doença é justamente a questão de ser algo novo no Brasil. De todos os profissionais que já visitei, no Brasil são apenas 4 ou 5 profissionais no máximo que fazem esta cirurgia .. E que é uma pequena bagatela devido o auto risco.

    E devido ao auto risco é que é preocupante ... Os indices de satisfação ou melhoras no pós cirurgico são instáveis, ou seja, dúvidosas. Recuperação lenta e atenuosa, em média 2 à 3 anos até mais ...

    Cirurgiões para este gabarito, tem apenas em São Paulo e Porto Alegre. Nem mesmo Curitiba tem ... Os conhecimentos para estes profissionais é complementar em outros países ...

    Este problema de saúde, relacionado aos quadris principalmente em pessoas novas, muitos médicos não se comprometem afirmar que o procedimento cirurgico seja uma boa coisa, devido os resultados e que a maioria não o realiza, eles encaminham para outros profissionais GABARITADOS para isso ...

    Por isso se você pensa ou tem o diagnostico clinico de outros profissionais de saúde que
    você está com o quadro clinico, com estas condições de saúde e o processo não está estabilizado, procure a Santa Casa em São Paulo ... Neste centro atende um respeitado médico e cirurgião na área ....

    Espero ter colaborado com o assunto ..

    Abraço a todos

    ResponderExcluir
  73. Com releção que verifiquei com alguns usuários do BLOG.

    A questão do remédio para amenizar estas dores são de duas condições: infiltração com agulha ou tomar remédios que praticamente estarão realizando uma proteção na região afetada e com isso evitar a dor, mas, estes remédios são caros e temporário ... O melhor é mudar a rotina de atividades físicas e em questão o que ajuda bastante é compressas de gelo na região do quadril ajuda a amenizar a dor, mas .... Nada vai resolver enquanto a pessoa não assumir a sua posição de doente e monitorar suas ações ... Pessoas novas com está doença e tentarem fazer de conta que ela não existe!!! Quanto mais adiar os cuidados maior o sofrimento ... Por vamos ser realistas ... Isso não é uma divida que passa ou que pode contiar gastando ...

    Se continuar exagerando vai gastar e não tem volta ...

    Mudanças na vida do ser humano é bom quando queremos mudar, mas nestes casos temos que aprender a encontrar outros caminhos, mas viver com dor !!! Ninguém merece ....

    Só para adiantar a questão da origem desta deformidade no acetabulo ...

    Ela surge na infância entre os 7 à 9 anos e a criança sente muitas dores ... E sob estes relatos é que se deve tomar as medidas necessárias para a prevenção ...

    Para conciêntização este é o fato .. Porém o fato para está ocorrência na infância é desconhecida...

    As pessoas atingidas por esta doença provavelmente já venha de gerações e até mesmo do pai ou mãe ...

    Porem pessoas podem passar suas vidas sem sentir
    o disturbio, pois não passaram dos limites necessários para que a doença se manifestasse ...

    Por está questão que a doença se manifesta na maior parte dos casos da população que não pratica atividades físicas em mulheres ...

    Devido a vida ativa ...

    ResponderExcluir
  74. ana carolline moraes4 de julho de 2011 16:25

    Boa Tarde Ane,
    Tenho 27 anos, estou com o IMC dentro do limite, passo muitas horas do dia trabalhando sentanda e estou sentindo um dor fina/leve no bumbum direito, na altura do acetábulo (eu acho). Gostaria de uma ideia, estou com o médico marcado para daqui a 15 dias, mas sinto que a dor está piorando cada dia mais. O que faço? Estou pensando em entrar na academia (parte aerobica), o que você surgere?
    se preferir responder pelo meu e-mail: carollinemoraes@hotmail.com
    Grata pela atenção

    ResponderExcluir
  75. ola Ane,
    inicio querendo saber se voce esta bem...
    tenho dor no quadril fiz raio x e na imagem tudo bem, ortopedista atencioso é um item raro hoje em dia...
    me sinto fofinha apesar do imc esta normal,
    estou caminhando e fazendo pilates, ultimamente a dor diminuiu, mas sabe aquele leve desconforto quando sento ou me levanto rapido, sinto como se a dor no quadril falasse : ei to aqui, pensou que eu tinha ido embora de vez? pareçe ex que nao aceita o fim do namoro
    bjs saude para vc

    ResponderExcluir
  76. ANA CAROLINA, VC DEVE PRIMEIRO IR AO MÉDICO PARA DEPOIS SABER EXATAMENTE COMO FAZER EXERCÍCIOS,
    OUTRA COISA, TENTE ACUPUNTURA, ATÉ IR AO MÉDICO E MELHORAS

    ResponderExcluir
  77. Bom dia. Meu marido teve dor na perna esquerda, q envolvia joelho, quadril, etc... até que a dor foi parar na virilha. Era necrese da cabeça do fêmur. Ele colocou uma prótese na cabeça do femur esq,, cuja necroses estava mais acentuada e no direito ele fez uma cirurgia de prevençao, implantando osso sintético.

    Até ele chegar a um diagnótisco correto, penou muito atrás de médico.

    Sugiro que procurem um cirurgião de quadril. Ele vai excluir o diagnostico de necrose, se for o caso.

    ResponderExcluir
  78. INfelizmente, desisti, ja tentei de tudo, hidroterapia, massagem, piascledine, artrodar, artrolive, fortalecimento, alongamento....Alguns desses tratamentos ate amenizam um pouco as dores mas depois voltam com força....
    E olha que jogava futebol direto desde meus 15 anos, agora estou com 38, e ta dificil, nao estou tao ruim quanto alguns relataram aqui, mas tenho dor cronica no gluteo, doi pra abrir as pernas, doi apos qualquer esforço fisico q tenha q usar o quadril....Medicos querem fazer artroscopia em mim, mas confesso q nao confio muito , fico com um pé atras.... Pra quem é de sao paulo, vai a dica de medicos q realmente entendem do assunto, pois 90% deles nao sabem nada de quadril...Giancarlo Polesello e Edmilson Takata...Me parece q os dois atendem na Santa Casa..quem quiser trocar umas ideias pode mandar no meu email fabiomotor@bol.com.br

    E se alguem descobrir a cura de artrose de quadril por favor entrem em contato tambem rs

    Abrços e boa sorte a tds

    Fabio

    ResponderExcluir
  79. Ia dar a dica do meu médico, quando vi que o Fábio acabou de sugerir. Dr. Giancarlo.
    www.oquadril.com.br

    Passei por muitos até chegar nele e agora boto fé que vou me estabilizar.

    Passei por uma cirurgia de dor glutea profunda, onde meu ciático foi descomprimido por fibroses e pelo piriforme, e as dores do nervo melhoraram 80%. Demora um pouco pro nervo se recompor totalmente.

    E devido ao tempo que fiquei com isso deu uma atrofia e agora estou lutando contra uma tendinite de gluteo médio, fiz infiltração fazem uns 4 dias.

    Eu vou ficar bom , talvez não possa correr a maratona , mas vou poder levar minha vida e nunca mais vou passar tanto tempo sentado.

    Então fica aí a dica do médico concordando com o Fábio. E também pra quem tem dor no centro no glúteo que desce pelo nervo , tipo ciática, mas que não provem da coluna , fica esperto no diagnóstico: sindrome do piriforme , conhecida também como dor glutea profunda.

    meu e-mail: rodchohfi@hotmail.com

    Melhoras a todos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá a todos, meu nome é Vagner e sofria de dor glutea profunda há 4 anos.Foram 12 médicos e todo tipo de tratamentos.Conheci o dr. Giancarlo e ele diagnosticou uma fibrose junto ao ciático.Fiz uma cirurgia por videoscopia no dia 24/2/12, onde além de remover a fibrose corrigiu tres tendões que também contribuiam para prensar o nervo.O pós é dificil, o nervo fica magoado devido ao processo e dói.Faço fisio com a equipe do dr. Giancarlo.Acredito muito que passando a fase de dor causada pela cirurgia ficarei bem. e-mail = vagner.mardaji@terra.com.br.

      Excluir
  80. sinto dores nas costas e na virilha na parte do qudril e estrala sera que pode ser artrose alguém aqui ja teve esse sintoma

    ResponderExcluir
  81. boa tarde, me chamo denikem tenho 34 anos e estou treinando p/ um concurso público a 4 meses nesse treino ha corridas, abdominais, barras e natação e ha duas semanas comecei com uma dor na cabeça do femur suportavél até não conseguir mas correr não consigo correr e estou andando mancando procurei um especilista que me disse que era proplema de capsúla e que com repouso e tratamento com celebra de 200mg e dexalgem injetável ficaria bem man até agora nada já tem uma semana estou muito inseguro por conta do concurso se alguem puder me ajudar desde já agradeço abraços denikem meu e-mail denikem1@oi.com.br

    ResponderExcluir
  82. BOA NOITE ME CHAMO DENIKEM E SOU UM ADMIRADOR DO SEU BLOG E JÁ LHE ENVIEI UM COMENTÁRIO DO MEU PROBLEMA SEN ÊXITO POIS NÃO OBTIVE NENHUMA RESPOSTA.POIS BEM,ESTOU COM MICRO FRATURAS NA CABEÇA DO FÊMUR E O MÉDICO JÁ ME DISSE QUE DEVO FICAR DE REPOUSO DURANTE 8 SEMANAS MAS PRECISO FAZER UMA PROVA DE UM CONCURSO QUE PRESTEI EM 25 DIAS "TAF" E ESTOU MUITO APREENSIVO SERÁ QUE SE EU FIZER A PROVA PODE PIORAR MINHA SITUAÇÃO

    ResponderExcluir
  83. OI! ANE,LENDO TODOS ESSES COMENTARIOS,O MEU Ñ É NADA!FAZ 2 ANOS Q ME TRATO C/1REUMATOLOGISTA,Q ME DA T A N T O REMÉDIOS,JÁ Q É CRONICO O E TENHO,E AS DORES Ñ PASSAM/TEM DIAS MENOS-OUTROS +METROTEXATO-PREDINISONA,CELEBRA,MAIS DA PRESSÃO ARTERIAL-METROPOLOL100MG-CALTOPRIL50MG+P/DORES...ESTOU CANSADA!DORES MÃOS ACOSTUMEI-JOELHOS TBM- MAS AGORA A DA VIRILHA É DOSE,Ñ CONSIGO COLOCAR A PERNA NO CHÃO!QUAL CLÍNICO EU PODERIA ME TRATAR?AS X ACHO Q A MÉDICA "CANSOU" DE MIM,AFINAL TÔ SEMPRE C/DORES.MEU exame P c r: ñ baixa!abçs vc é legalse puderem me ajudar,agradeço cidaboucinha

    ResponderExcluir
  84. Olá, Ane, estou feliz em encontrar este blog com assuntos tão vividos por mim. Sou portadora de artroplastia bilateral de quadril total, 2 Hernias de disco, fibromialgia, bursite trocariante, bom enfim as dores são terriveis, já fiz 25 cirurgias, mas estou muito feliz com meu Deus, que tem em tudo me dado forças e suprimentos para viver bem. Tudo riginou-se numa luxação de quadril quando nasci, no parto, e a 37 anos atrás e numa cidade onde acabara de ter uma enchente calaminosa foi muito dificil diagnosticar na hora e sim só quando comecei a andar e o dizgnóstico saiu e as cirurgias começaram por um triz quase fiquei paralitica, mas Deus tinha um plano.
    Hoje com 37 anos com uma filha de 18 anos prestes a ser avó, casada e acabei de descobrir que estou grávida. Nossa minha cabeça deu uns giros, uma surpresa, tive que para todos os meus medicamentos e terei que suportar as dores até o nascimento da criança e claro vou tentar amamentar e pra isso mas um período sem medicamento. Não sei como passarei mas tenho fé em Deus.
    Obrigada pelo seu blog, espero estarmos sempre em contato.
    Visite meu blog tb: www.agraciada.arteblog.com.br
    Um grande abraço até mas

    ResponderExcluir
  85. oi pessoal,
    Tenho dores no quadril direito á uns 8 anos. Faço fisioterapia e melhora ai os medicos me mandam fazer exercicio para fortalecer o quadril e volta a piorar novamente. Fiz de tudo, fisoterapia, acupuntura, ondas de choque e sempre volta.Estava desanimada quando descobri uam empresa chamada Ceragem.Lá eles tem uma cama com pedras de jade e um aparelho manual com pedras de jade que emite raios infravermelho.Comecei a fazer á umas 03 semanas e melhorei mais do que quando faço 02 meses de fisioterapia. O tratamento é gratuito se tiverem paciencia de esperar a vez, porque tem muita gente,principalmente de idade.O intuito da empresa é vender as camas e o aparelho, mas primeiro deixam a gente experimentar. Eu acho que vale a pena conhecerem.Tem em muitas cidades é só procurar na internet

    ResponderExcluir
  86. Oi, Ane.
    Meu marido costumava correr e teve que parar em função de dores no quadril (virilha e glúteo). Ele já consultou os melhores especialistas do Rio de Janeiro (membros da Sociedade do Quadril com cursos no exterior e que cobram R$500,00 a consulta). Após pedirem uma ressonância, todos falam para ele fazer fisioterapia, pois o caso dele "não é grave". Ele já fez mais de 60 sessões de fisioterapia e ainda sente as mesmas dores. Um médico fez uma infiltração nele, mas pouco adiantou. Qualquer tentativa de fortalecimento da região, mesmo com pesos bem leves, leva ao agravamento do quadro. A única coisa que aparece na ressonância é uma artrose. Ele está deprimido por não conseguir correr há 9 meses, uma das coisas que ele mais gostava de fazer, e não apresentar melhora significativa.
    Você poderia indicar algum médico, clínica ou tratamento? O que ele deveria buscar? Os médicos são unânimes em afirmar que o caso dele não é cirurgico! Qualquer indicação, eu agradeço.

    ResponderExcluir
  87. Oi Ane!

    Pede para ele tomar condroprotetor (Sulfato de glucosamina e condroitina) é um pouco caro, mas acredito que em 3 semanas os sintomas vão melhorar, esse remédio é tomado nos EUA como vitamina e é vendido em qualquer lugar lá, porém aqui precisa de receita médica, pode trazer do paraguay. Ele deve tomar cuidado, pois a dor melhorando ele pode se esforçar mais e assim prejudicar ainda mais a cartilagem dele. Desta forma, ele tem que fazer um fortalecimento muscular adequado com acompanhamento e caso se sinta bem, poderá correr, mas o mínimo possível.
    Também tenho início de artrose, devido ao impacto fermoro acetabular, já consultei 8 médicos especialistas em quadril e estudei um pouco sobre o assunto. De qualquer forma, o ideal é ele ter acompanhamento médico.

    Alexandre

    ResponderExcluir
  88. Alexandre, obrigada pela indicação. Vou falar para o meu marido conversar com o médico dele acerca deste medicamento.

    ResponderExcluir
  89. Ola, meu nome e Ramon gostaria de saber se vc pode me dar uma orientação tenho dores no pescoço principalmente mas em geral no corpo todo e com fortes estalos,essas dores ja tem anos nunca consegui sequer um diagnostico, preciso voltar a tratar pois esta ficando cada dias pior, desde muito obrigado.

    ResponderExcluir
  90. Olá pessoal me chamo Maria e depois que tive meu filho que ja tem 1 ano e 3 meses tenho dores do lado direito do quadril, meu ortopedista diz que é bursite, fiz fisioterapia, tomei uma injeção e as dores melhoraram por um mes. Agora voltou pior do que nunca. Ta dificil de aguentar porque pra ajudar to acima do meu peso e lutando pra emagrecer ja perdi bastante peso, mas preciso me exercitar e quando faço exercicios no dia seguinte mal consigo andar... Será que é só bursite mesmo?

    ResponderExcluir
  91. Olá...meu nome é Angela,já passei por 10 cirurgias (todas ortopédicas) e a um ano passei por uma cirurgia de quadril na qual foi-me colocado uma prótese total de quadril!! Minha recuperação foi boa, mas tenho sentido dores durante a noite (quando durmo), acordo e não encontro posição para ficar...e também muitas vezes qdo vou vestir minha roupa.Meu médico disse que seriam dores psicológicas - fui encaminhada a um psiquiatra e estou em tratamento, e agora também ele me encaminhou para um médico especialista em ''dores crônicas'', estou meio perdida ...será q alguém que conheçam tenha passado por algo parecido e possa tracar idéias comigo?? Obrigada.... Angela

    ResponderExcluir
  92. OLÁ, EU ME CHAMO JO ESTOU COM 33 ANOS.
    BOM VOU CONTAR UM POUCO DO QUE EU ESTOU PASSANDO,A UNS 2 MESES ATRÁS COMECEI A SENTI MUITAS DORES ENTRE A LOMBAR E AS VIRILHAS, FUI AO MÉDICO, FIZ UM RAIO X E O MÉDICO ME DISSE QUE EU ESTAVA COM UM PEQUENO DESGASTE, ME PASSOU VARIAS MEDICAÇÕES E INJEÇÕES. SÓ QUE NADA RESOLVEU A DOR NÃO PASSA, E É UMA DOR INSUPORTAVÉL,NÃO SEI MAIS O QUE TOMAR, ESTOU INDO TODO DIA NO PRONTO SOCORRO E LÁ TOMO 2 INJEÇÕES DIARIAS SENDO UMA DE PROFENID QUE DOE MUITO E A SENDO A ULTRAMAL PRA ALIVIAR A DOR,MAIS MESMO ASSIM A DOR É INTENSA,NÃO SEIMAIS O QUE FAZER. VOCÊ PODERIA ME AJUDA.....DESDE JÁ EU AGRADEÇO.....

    ResponderExcluir
  93. Olá, Meu nome Bianka e tbm passo por esse situação chata!. No inicio do mesmo passado no meio do trabalho comecei a sentir uma dor na região lombar, eu trabalho 12 horas sentada, e continuei. Essa dor foi aumentando e 2 dias depois eu não estava consegindo dormir. Como tbm trabalho a noite tive uma crise forte no meio da madruga e tiveram que me levar para o ambulatório da empresa, a dor era tão forte que não conseguia levantar sozinha. A partir desse dia começou a minha luta. Fui para o pronto socorro fiz um RX que indicou retificação da coluna lombar. Procurei um especialista de coluna que suspeitou de hernia, fiz uma ressonancia que indicou novamente a retificação da lombar e desgaste de 2 discos, mas o médico disse que eu poderia jogar bola com o resultados dos exames, mas a dor persistia e nenhum remédio fazia efeito. Procurei um especialista de quadril que suspeitou de sacroileite. Fiz alguns exames de sangue e uma cintilografia ossea que mostrou que não tenho sacroileite e me encaminhou novamente para um especialista de coluna vertebral. Não seu mais o que fazer, pois a dor volta sempre que fico muito tempo sentada, ou em pé e piora em tempo frio. Vou novamente a um especialista de coluna mas fico indicanada pelo descaso, os médicos mal nos ouvem, de cabeça baixa mesmo passam um remédio e te jogam pra outro, parece até que estamos mentindo quando dizemos que estamos sentindo dor, o fato de terem em mãos exames que se mostram normais, não significa que realmente não temos nada. Fica o sentimento de ser chamada de mentirosa!!!!

    Um abraço a todos!!

    ResponderExcluir
  94. Olá, primeiramente parabéns pelo seu blog, tenho 34 anos e sinto fortes no quadril, acredito que seja displasia. Gostaria de saber se massagens na região onde sinto dor é recomendada?

    ResponderExcluir
  95. Olá...
    tenho fortes dores no quadril, consultei um especialista em coluna, fiz os exames e acusou pediculos curtos... a dor continuou e consultei um especialista em quadril, fiz RX e RM, onde acusou bursite em ambos os lados e um tumor benigno no ilio esquerdo. O que devo fazer? qual especialista consultar?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  96. Meus queridos

    Eu tinha muita dor nos quadris graças a Deus tive a solução certa.Comecei a fazer Pilates
    e podem acreditar tenho 53 anos só tomo vitaminas e nada mais.Um abraço Lucila

    ResponderExcluir
  97. olá,sou Marina, estou lendo seus relatos hoje,e estou sentindos estas dores e relamente são terriveis, eu as tenho muito quando estou deitada, estou tomando antiflamatórios tambem, mas uma massoterapeuta e amiga me falou de um produto natural chamado semente de sucupira que é encontrado no norte brasileiro, pesquisem e façam o chá,estou tomando mas é demorado p se sentir resultado.Diante dos fatos relatados que nao tem remédio para cura acho que temos que tentar de tudo.existem capsulas, elixir, óleo de sucupira, boa sorte.

    ResponderExcluir
  98. tenho dores nos joelhos e nas pernas. o meu medico recomendou realizar uma tomografia na coluna lombar-sacra. ele está correto?

    ResponderExcluir
  99. olá a tomografia vai dar um diagnóstico certo, faça sim. melhoras

    ResponderExcluir
  100. Boa tarde!

    Em torno de 1 ano e meio, comecei a sentir meu osso do quadril, ladoe esquerdo estralando. E rangindo mto a qualquer movimento. Fiz exame de raio x e ressonância, mais nada foi encontrado. Acusou está tudo certo. Mesmo assim, fiz algumas senções de fisioterapia. Porém de uns meses para cá, comecei a sentir dor, coisa que antes não tinha. Os rangidos contiam. E a dor, é de leve, mais incomoda. Não sei o que fazer, Morro de medo de uma cirurgia. Pode me auxiliar? Desde já agradeço. Fernanda

    ResponderExcluir
  101. Bom dia!
    Me chamo Renata e tenho 21 anos, sou do RS!
    Desde mais nova, em torno de 12, 14 anos eu praticava dança, e percebia que tinha algumas dificuldades ao alongar a perna por exemplo, mas isso nunca me chamou a atenção, sempre pensei ser normal. Mas com o tempo as dores foram aumentando, sentia dificuldades em abrir a perna, em fazer exercicios fisicos, e muitas vezes acordava a noite com dores. Em fevereiro de 2011, fui no primeiro especialista em quadril, e na hora ele me pediu um Raio X e logo descobrimos uma má formação no meu quadril! O médico muito surpreso pegou o caso junto com sua equipe e por um tempo fui sendo acompanhada por eles, fiz mais exames, raio x, tomografia, exames de sangue...mas a única solução seria a cirurgia, para colocar uma prótese, mas como a prótese tem seu tempo de vida e sou muito nova, o conselho deles foi esperar..."aguentar" até que der para fazer a primeira cirurgia...mas a dor só vem aumentando, dificuldades na relação sexual, fui proibida de praticar exercicios, posso fazer somente natação!
    Estou sofrendo com isso, pois realmente é uma dor frequente, todos os dias...para me vestir, para colocar calçados...não sei se de repente terias como me dar algum conselho, procurar um outro médico..não ganhei nenhum tipo de medicamento para dor, e nada de tratamento..
    Se alguém puder me ajudar, opiniões são sempre bem vindas!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  102. Olá ane me chamo ingrid tenho 31 anos aos 28 começei a sentir dores fortes na cabeça do femur direito trabalhava em toda região do paraná como promotora de vendas e de uma hora pra outra essas dores terriveis dentro de um mes ja encostei ate procurar um especialista em quadril antes dele logico que passei por varios outros medico e ate diagnostico de reumatismo tive.quando consegui ver oque realmente tinha foi atravez de uma ressonancia magnetica e a propria reumatologista me encaminhou ao especialista tenho necrose no femur oque causa desgaste alem de dor foram oito meses andando de muleta fiz uma cirurgia de descompreensão pra ver se amenisava a dor por fim depois de dois anos e sete meses coloquei a protese mas meu medico doutor ciro kanabuchi me lertou sobre a necrose que geralmente quando dá se dá nas duas pernas aff nao deu outra por soltar o peso na outra ja apareceu tambem fiz reabilitação pra mudar de profissão sou atendente de telemarkentig trabalhei por oito meses meu deus deu borsite nao quadril me afas tei novomente e hoje fui fazer um ultrassom diz que alem da borsite deu tendinite tambem oque vai acontecer comigo agora? gostaria de ter contato com vcs do blog meu msn ingrideoliver@hotmail.com bjos que deus abençoe a nós todos bjoss...

    ResponderExcluir
  103. Obrigado por se preocupar com nosco eu estou tendo dores horriveis
    ja fiz varios exames e o medico diz q tenho q colocar uma protese mais q ele recomenda q eu faça ela quando eu tiver uns 65 anos mais estou com 57 ainda nao sei se vou aguentar esperar tanto tempo e ele aconselha q quando fizer a cirurgia q eu faça uma poupança e coloque uma protese importada tomara q quando for fazer a cirrgia eu consiga colocar essa importada o q vc me diz de tudo isso obrigado q Dues te abençoe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola boa noite li o seu caso, eu tenho uma protese de quadril já faz 4 anos tenho 49 anos prazer denis, fiz está cerurgia no hospital tatuape não paguei nada. tudo pelo sus,mais contato 981518808 abraço e boas melhoras.

      Excluir
  104. EU SOU UMA PESSOA QUE CONFIO MUITO EM DEUS ACHO QUE QDO DEUS COLOCA AS MÃOS DELE TANTO FAZ QUE SEJA IMPORTADA OU NASCIONAL TD ESTA NAS MÃOS DE DEUS,PQ TENHO VISTO CASOS DE PESSOAS QUE COLOCARAM A NASCIONAL BEM MAIS JOVEM E FICARAM PERFEITOS E OUTROS Q COLOCARAM A IMPORTADA E ESTA ANDANDO DE MOLATA ENTÃO MEU AMIGO E CONFIAR EM DEUS SOMENTE EU TENHO ARTROSE E ESPERO POR CIRURGIA TBM ESTOU NA FILA SUS

    ResponderExcluir
  105. 22/02/2012 sou Maria Helena tenho 39 anos, há um ano que tenho dores nos quadrios, nao posso ficar muito tempo em pé, nem setada e nem deitada estou tomando remedios diréto porque não consigo dormir de com as dores , e não sei oque fazer, se vocês poderem me ajudar, deixem um comentario para mim

    ResponderExcluir
  106. Boa noite tb sou vitima dessa dor interminavel no quadril não sei mais o que fazer.Vou partir agora para um remedio natural que uma vizinha me ensinou que uma amiga dela teve um resultado maravilhoso.Ela tinha muitas dores na coluna que precisava usar colete e artrose nas mãos e sentia muitas dores que não podia calçar sapatos baixos só ana
    bela.Um anjo apareceu na sua vida , ela estava em uma clinica de fisioterapia e uma medica lhe chamou e perguntou pq ela andava com colete e o que sentia , a medica falou que iria lhe ensinar um remedio que iria ficar curada.
    pegar uma romã media lavar bem , cortar em pedaços e passar bem liquidaficador com um litro de vinho branco,colocar no refrigerador em uma garrafa e tomar em calice pela manhã após o cafe.
    Ela na segunda garrafa já estava curada e hoje voltou a dar aula de educação fisica.
    ESPERO TER AJUDA , BOA SORTE A TODOS .
    QUE ESSE ANJO ENVIADO POR DEUS SEJA A NOSSA CURA.

    ResponderExcluir
  107. estou com muitas dores no quadril. são dores muito fortes já fui em vários médico é até agora não consigo descobri não consigo nem colocar os pés no chão doe os quadril os joelhos e as costas eu não sei o que fazer?

    ResponderExcluir
  108. Boa tarde, meu nome é Valdeci Soares, tenho 39 anos e a 11 anos atras sofri um acidente de carro e tive que fazer uma cirurgia no fêmur esquerdo colocaram uma placa e vários pinos no colo do fêmur até ai tudo bem a recuperação foi muito boa.
    Só que agora depois de 11 anos comecei a sentir fortes dores na virilha que irradia para a lateral do joelho que não consigo nem calçar as meias.
    Já fui em vários medico o 1º disse ser coxartrose o 2º disse ser um provável problema de coluna,já o 3º disse que não é nenhuma das anteriores e que tenho que retirar a placas e os pinos que estão no meu fêmur.
    Eu já não sei o que fazer pois já tomei diversos remédios que somente aliviam as dores e depois volta tudo de novo.
    Se alguém estiver passando pela mesma situação gostaria de entra em contato para mais informações

    ResponderExcluir
  109. Olá Ane, olha eu tenho 16 anos, danço Street Dance e faço Ballet. Comecei a sentir dores muito fortes principalmente de noite, na região lateral direita do meu quadril, e essa dor vai descendo para o joelho e é muito forte mesmo! Por favor me ajude, será que é um trauma, uma luxação ou um deslocamento do meu osso por fazer muitas atividades fisicas? Lembrando a dor começa muito forte no osso lateral direito do quadril! Desde já agradeço, pela atenção!
    Beeijos *--*

    ResponderExcluir
  110. joice, pode ser sim exercício em excesso, porém, vc precisa urgente ir a um ortopedista fazer exames até mesmo para poder continuar a fazer sua dança.
    se cuide o qt antes e melhoras

    ResponderExcluir
  111. passei por um ano em tratamento para coluna,e agora já a um ano e meio até q devido a isso ,fui contemplada com uma bursite no quadril direito, a qual tem me judiado e tanto, ja fiz 3 infiltrações de analgesia, tomo muita medicação e a dor permanece. será q seria caso cirurgico? meus médicos nunca falam sobre isso, mas a dor é insuportavel.por favor o que vcs tem a me dizer? desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  112. ooi meu nome e leonardo tenho 14 anos a 2 anos eu estava jogando bola quando eu chutei e senti 3 estralos fortissimos no meu quadril direito e quando puis o pé no chão não concegi mecher ele mais eu fui no medico ai ele me receito tomar dipirona e eu tomei melhor e depois eu não senti mais dor e depois de 1 ano eu fiz a mesma coisa fui jogar bola chutei a bola e aconteçeu o mesmo estralo e doi mto isso ja fui no medico disseram q nao tinha nenhum problema e agr eu não estou mais jogando por que doi so quando eu jogo bola ou faço outras atividades fisicas da perna oq eu posso fazer ? ..

    ResponderExcluir
  113. Olá! Tenho há muitos meses dores fortes nas ancas, dor tipo queimadura que piora com o calor da cama. Não consigo dormir com as dores. Fiz uma ecografia e tenho trocanterite bilateral. Comecei a fazer mesoterapia no hospital, ainda só fiz 3 tratamentos e não noto melhorias. Custa muito, sobretudo porque também sofro de fibromialgia! O pior para mim na fibromialgia, além das dores, é a falta de forças no corpo! É duro viver com dores constantes, sobretudo numa sociedade que não acredita, porque a dor não se vê!

    ResponderExcluir
  114. Oi meu nome é Regislaine,e ja estou entrando em desespero,a dor é muito intensa,não ha posição para aliviar,e com a gravides piorou,,só tenhk25 anos e não posso caminhar 15minutos que a dor ataca intensamente e me deixa numa condição de imobilidade,a medica do SUS teve a ousadia de dizer que é normal,mas eu não aceitei e estou correndo atras,paguei um obistetra particular e ele me disse que não é normal,e vai tentar me afastar do serviço até eu completar mais de 5 meses de gestação para me encaminhar para um especialista,estou com medo porque passei com varios medicos do Sus e todos disseram que é normal,e que sou obrigada a aaguentar,,,,vai que o ortopedista me diz a mesma coisa...... Eu sei que não é pois uma dor que te impede de colocar a propia roupa ou de ir trabalhar não é normal
    Mas agora eu vi que existe mais pessoas com o mesmo problema que eu e me deu mais força para correr atras de uma solução eu ja estava aceitando que era "normal",muito obrigado

    ResponderExcluir
  115. Regislaine, corra atrás sim, sentir dor não é normal para ninguém.
    se o ortopedista não te ter bola, vá a um reumatologista, ok?
    melhoras e tudo de melhor sempre

    ResponderExcluir
  116. É impressionante o descaso que alguns profissionais têm com seus pacientes. Não aguento mais passar de médico em médico e nenhum deles consegue me indicar um tratamento que resolva meu problema de bursite de quadril. Um deles, teve a coragem de dizer que eu tinha que me acostumar com a dor, pois na minha idade (49), isso é normal. Pode isso? Além de falarem que isso pode estar relacionado ao emocional, ou seja, a culpa pode ser sua. Já fiz fisioterapia, tomei anti-inflamatórios, infiltração e nada melhora. Alguém por favor, conhece algum ortopedista bom aqui em São José dos Campos? Socorro!!! Claudia

    ResponderExcluir
  117. É impressionante o descaso que alguns profissionais têm com seus pacientes. Não aguento mais passar de médico em médico e nenhum deles consegue me indicar um tratamento que resolva meu problema de bursite de quadril. Um deles, teve a coragem de dizer que eu tinha que me acostumar com a dor, pois na minha idade (49), isso é normal. Pode isso? Além de falarem que isso pode estar relacionado ao emocional, ou seja, a culpa pode ser sua. Já fiz fisioterapia, tomei anti-inflamatórios, infiltração e nada melhora. Alguém por favor, conhece algum ortopedista bom aqui em São José dos Campos? Socorro!!! Claudia

    ResponderExcluir
  118. olá procure um médico da dor. é uma especialidade pouco conhecida, mas normalmente muito eficiente. desejo boa sorte

    ResponderExcluir
  119. Tenho bursite no quadril e já fiz vários tratamentos, mas nada resolveu. Mudei meu colchão, pois o que eu dormia era duro e isso agravava ainda mais meu problema. Acordava a a noite toda quando virava do lado do quadril dolorido e quando passei a dormir num colchão mais mole as dores melhoraram bastante e espero que desapareçam. Espero ter ajudado. Claudia

    ResponderExcluir
  120. Olá! Sou Antonio Carlos Dominiak, tenho 45 anos. Casualmente, procurando algum artigo ou comentário sobre pessoas com artrosi no quadril que foram aprovadas em concurso público, encontrei este blog. Li os comentários. Lamento a situação de todos pois, sei muito bem o que estão pasando. Tenho artrosi avançada no quadril direito com indicação de cirurgia. No esquerdo já coloquei prótese pelo SUS. Ainda estou meio em dúvida se faço o mesmo no direito ou não. Mas, pasmem! Pasei por, sem exagero, +/- 30 médicos entre ortopedistas e traumatologistas, além de clínicos em geral. Alguns pelo SUS e na grande maioria particulares. Conseguir uma consulta com um ortopedista pelo SUS é algo quase que impossível. Por isso busquei os particulares. As dores não preciso relatar, voces já sabem quais são. Tomava antiinflamatórios feito balinha. Injeções, perdi as contas! Há um ano e 7 meses sofri um acidente doméstico e fraturei o fêmur esquerdo. Fui parar no hospital. Fiquei 13 dias internado. Só aí diagnosticaram meu problema, artrosi nos dois quadrís. Até então, meu diagnóstico era de hérnia de disco entre L5 e S1. Queriam operar minha coluna sem garantias que eu voltasse a andar. Claro que não aceitei isso. Por "sorte" ou por Deus tive aquele acidente. Tive a graça também de encontrar um médico e um hospital que me atenderam muito bem pelo SUS. Minha perna esquerda está ótima agora. Por quanto tempo não sei, depende do uso da prótese mas, pode durar 10, 15, 20 anos. Falha do SUS nesse ponto. A prótese que disponibilizam é a com menor duração encontrada no mercado. Depois será necessária uma revisão, ou seja, uma troca da prótese. Por isso minha dúvida em fazer o mesmo no quadril direito. Faço esse comentário porque já visitei outros blogs e comentários que envolvam o SUS, bom ou ruins, não são aceitos lá. De qualquer sorte, quero apenas desejar muita saúde e sucesso a todos! Principalmente quanto ao diagnóstico. Embora o mesmo possa não agradá-los, saber do que se trata já é um bom começo para que possamos buscar um tratamento adequado. Que Deus os abençoe!

    ResponderExcluir
  121. tenho 28 anos e a 8 anos atrás comecei a sentir uma sensação do osso da perna roçando no osso do quadril na época,não me importei não doía mas incomodava,hoje 8 anos depois aquela simples frisura hoje doí e me atrapalha de fazer muitas coisa como limpa uma simples casa ou lavar uma simples roupas,no dia 17 me deu um torcocolo fui ao médico chegando lá a medica disse que o torcicolo e causado pela coluna me deu um encamiamento para o ortopedista fui ao posto de saúde chegando la a moça da recepção pegou meus dados e meu telefone e disse que quando tivesse vaga me ligaria para me encaixar so que demoraria de 2 meses a 2anos. e desanimador é um descaso na saúde publica em quanto eles gastam milhões na copa do mundo,essa dinheiro poderia ser invertido na educação dos nossos futuros jovens e na saúde que é tão esquecido enquanto morre tantas pessoas em filas de hospitais.

    ResponderExcluir
  122. ola gostaria de saber se vc pode me ajuda neste meu poblema?normalmente nao sinto dores no meu quadril,mas quando eu preciso dos movimentos do meu quadril ai ele doi e tem pouca agilidade tambem,sou joquei monto cavalos de corrida,e montamos em uma cela muito pequena e colocamos os pes em um estribo bem curto e preciso encosta um juelho no outro e deita o peito sobre os joelho,so que esse movimento eu nao consigo e quando tento doi muito oque devo fazer?

    ResponderExcluir
  123. Temos no Facebook um grupo específico para conversar sobre Displasia do Quadril (Luxação e Subluxação). Estão todos convidados!
    https://www.facebook.com/groups/557298061028753/

    ResponderExcluir
  124. Bom dia,
    Sinto muitas dores no quadril, joelhos enfim em quase todas articulações, fui diagnosticada com Artrite Reativa pois infecção de garganta, acho que muitos casos aqui pode ser isso tbm.

    Abraços e melhoras a todos
    Ana Paula.

    ResponderExcluir
  125. Boa Tarde, me chamo Marlene e estou com desgaste grau máximo no quadril. Estou pesquisando sobre viscosuplementação, Alguém já ouviu falar?

    ResponderExcluir

Obrigada por ter me visitado, volte sempre
Ane Coelho

Daily Calendar

Seguidores

alongamento

alongamento

Notícias

Loading...

Follow by Email

dores e doenças autoimunes

Loading...
Loading...

saúde

Loading...