segunda-feira, 30 de março de 2009

Tratamento de Artrose

TRATAMENTO DA ARTROSE

Escrito por Thais Saron em 27 27UTC Março 27UTC 2009

O que leva um paciente com artrose a procurar um médico é a dor articular e a perda da sua função, ou seja, a limitação de seus possíveis movimentos.
Como na maioria dos casos a doença é uma parte do processo de envelhecimento, o melhor tratamento é o Preventivo.
Para determinarmos o melhor tratamento para este doente, é necessária uma avaliação especializada, que analise dois fatores:
 Articular- uma ou mais articulações envolvidas, estruturas ao redor comprometidas, grau de lesão na articulação, instabilidade, inflamação, restrição ao movimento e incapacidade.
 Individual- grau e impacto da dor, aspectos afetivos, nível de incapacidade, nível socioeconômico, qualidade de vida, expectativas e conhecimento da doença.


Os principais objetivos do tratamento da artrose são:
 Educação do paciente,
 Controle da dor,
 Melhora da função,
 Melhora da qualidade de vida,
 Prevenção da progressão da doença.

TRATAMENTO MEDICAMENTOSO
 ORAIS:
1. Analgésicos comuns- Muito utilizados, eles têm a vantagem de serem baratos, eficazes e com o mínimo de efeitos colaterais. É a primeira escolha na dor leve a moderada. Exemplos- Paracetamol e dipirona.
2. Analgésicos potentes- Os derivados do ópio, são necessários quando a queixa é crônica (mais de 6 meses) e muito incapacitantes (quadril). São eles: tramadol, codeína, oxicodona, morfina e metadona. Nestes casos, os efeitos colaterais indesejáveis como a constipação, náuseas, vômitos, tontura, sonolência, confusão mental podem aconetecer principalmente nos idosos.
3. Antidepressivos- São utilizados em doses baixas, na artrose crônica associada com distúrbios de sono e de humor. Os mais utilizados são a amitriptilina, nortriptilina e a imipramina.
4. Antiinflamatório Não-Hormonais (AINHS) - São muito eficazes nos sintomas da artrose. Porém, o uso contínuo e sem supervisão médica, pode levar à complicações sérias como: refluxo, gastrites, úlceras no estômago ou duodeno, alterações no fígado, retenção hídrica, insuficiência renal, hipertensão arterial, alterações nos glóbulos vermelhos do sangue, entre outros. Os mais utilizados são: diclofenaco sódico, naproxeno, ibuprofeno, nimesulida, indometacina, meloxicam, etc…
5. Corticóides- Não são freqüentemente indicados nestes casos devido aos seus efeitos colaterais.
 CONDROPROTEÇÃO
Tem ação lenta no controle da dor, sua ação se inicia após 4- 6 semanas de uso.
Sulfato de Glucosamina- é um aminoácido e faz parte da base proteica da cartilagem.
Sulfato de Condroitina- também é um aminoácido que faz parte da base proteica da cartilagem.
Diacereína-é um lipídio solúvel. Pouco eficaz na dor articular.
Cloroquina- atualmente é muito usada no controle da dor da artrose erosiva das mãos.
Abacate e Soja- Fitoterápico com o extrato do abacate e da soja.
Antibióticos- a doxiciclina é o mais utilizado.


A medicação mais indicada no seu caso é aquela que foi indicada pelo seu médico.

 USO TÓPICO
Algumas medicações podem diminuir a dor quando aplicados no local, através de spray, cremes, gel ou patches (adesivo que grudam na pele e liberam a medicação). Os mais utilizados são os AINHS.
 INFILTRAÇÃO ARTICULAR
Na dor aguda da artrose, ou seja, quando a articulação está apresentando sinais de inflamação (inchaço, vermelhidão e aumento de temperatura) pode ser necessário fazer um agulhamento com retirada do líquido associada com aplicação de corticóide. Há um grande alívio da dor, o que faz o paciente sempre querer repetir. Quando isto acontece, a repetição do procedimento pode alterar as estruturas ao redor da articulação e piorar a incapacidade e a dor em longo prazo.
Já a infiltração com ácido hialurônico tem demonstrado melhora significativa da dor e tem como alvo a suplementação da cartilagem; os casos leves e moderados são os que apresentam melhores resultados.


 REABILITAÇÃO
Visa o alívio da dor, a contratura muscular, melhorar a amplitude do movimento da articulação e recuperar ou prevenir a atrofia muscular.
O Fisiatra avalia o paciente como um todo e determina qual o tratamento mais adequado para cada doente. Entre as terapias que podem ser utilizadas, temos:
1. Fisioterapia- Utiliza meios físicos para diminuição da dor com calor superficial (forno de Bier, infravermelho, parafina) ou calor profundo (ultrasson, microondas e ondas curtas) ou eletroterapia (TENS e corrente russa) ou crioterapia (uso de gelo). A fisioterapia utiliza exercícios terapêuticos chamados de cinesioterapia, para melhora do encurtamento muscular, fortalecimento e melhora da amplitude de movimentos. Com estes exercícios, pode ser feita a Reeducação Postural Global das posturas viciosas que o paciente tem. A fisioterapia estabelece treinos de equilíbrio de marcha com ou sem meios auxiliares (bengalas, muletas, andadores, etc…).
2. Terapia Ocupacional- Em casos de mãos ou outras artroses mais graves a terapia ocupacional auxilia na recuperação da função perdida.
3. Psicoterapia- Em casos crônicos em que a depressão está associada.


 EDUCAÇÃO DO PACIENTE-
A educação dos pacientes e seus familiares é essencial para a volta do paciente à sua rotina.
Os pacientes com apoio familiar são mais otimistas com o resultado do tratamento.
As deformidades causadas pela artrose crônica limitam o paciente nas atividades diárias, levando a uma baixa auto-estima e mudando de atitude com o ambiente que o rodeia, dificultando assim, o convívio familiar e social.
Para haver uma melhora deste quadro depressivo, o Fisiatra orienta o paciente sobre o que é a doença, quais os principais medicamentos que podem ser utilizados e quais as melhores terapias e exercícios para cada caso específico.
 ACUPUNTURA
Tem efeitos benéficos na analgesia e até na movimentação da articulação.


 CIRURGIAS
Há vários tipos de cirurgias para o tratamento da dor na artrose, mas a que vai trazer maior benefício para o paciente é a artroplastia total da articulação.
As indicações de cirurgias são para pacientes com as seguintes características:
1. Dor persistente e intensa mesmo com o tratamento medicamentosos e de reabilitação
2. Diminuição do movimento articular.
3. Perda de função e qualidade de vida.
4. Alterações nas articulações ao redor e nas compensatórias.


 RECOMENDACÕES GERAIS:
1. Evitar subir e descer escadas.
2. Evitar ficar na mesma posição (em pé ou sentado) durante muito tempo.
3. Usar calçados adequados para absorver o impacto da marcha.
4. Adequar as atividades diárias à capacidade funcional do paciente, incluindo em sua rotina, tarefas que o ajudem a se sentir útil e recuperar a auto-estima.
5. Corrigir defeitos e amenizar vícios posturais.
6. Fazer controles hormonais.
7. Repouso para aquela articulação comprometida de 30 minutos, 4 vezes por dia.
8. No casos de crise aguda, a carga deve ser diminuída naquela articulação para não causar mais dano articular.
9. Evitar o aumento de peso e quando necessário, perder peso.
10. Atividade física orientada pelo seu Fisiatra. Geralmente as mais indicadas são a hidroginástica, natação e ciclismo.


Consulte o Médico Fisiatra para orientação do tratamento medicamentoso, fisioterápico e da atividade física mais indicada para seu caso e qual o momento certo para cada uma delas!!!

Enviado em Tratamento da Artrose | Nenhum comentário »

Artrose é doença de idoso?

Escrito por Thais Saron em 26 26UTC Março 26UTC 2009

A artrose ou osteoartrose ocorre em 90% dos indivíduos a partir dos 40 anos, mas pode acontecer em indivíduos mais jovens que tiveram um trauma no local, infecção e sobrecarga na articulação (excesso de peso ou movimentos repetitivos com impacto como nos atletas). Pode ser genética também.
A artrose é um processo anormal entre a destruição e a regeneração da articulação, ou seja, há mais destruição.
A articulação ou cartilagem é constituída de água e uma matriz protéica (conjunto de proteínas).

Quando há um desequilíbrio nestes constituintes, a destruição da cartilagem é maior que a reparação, causando a osteoartrose. Este desequilíbrio é comum acontecer com os idosos devido ao processo de envelhecimento natural que gera desidratação e perda de proteínas.

É uma doença crônica, insidiosa (começa aos pouquinhos) e sem comprometimento sistêmico de outros órgãos. Afeta as articulações periféricas(mãos, joelhos, ombros, tornozelos, cotovelos) e axiais(coluna e quadril).
A artrose das mãos apresenta nódulos em suas articulações que são chamados de Nódulos de Heberden (distais) e Bouchard (mais próximas das mãos).
A Rizoartrose é a artrose localizada na base do polegar e é freqüente em pessoas que utilizam muito o movimento de pinça como costureiras e cabeleleiros. Algumas atividades rotineiras podem piorar a deformidade das mãos como esfregar roupas com a ponta dos dedos, tricotar, fazer crochê, etc…

Os sintomas da artrose são dor, diminuição da amplitude de movimento da articulação, inchaço, vermelhidão e até aumento de temperatura local. O diagnóstico é feito através da história e sintomas do paciente e pode ser confirmado pelos exames de Raio X. A tomografia computadorizada pode ser utilizada para diagnóstico e para avaliação cirúrgica, quando necessário.
As pessoas que apresentam maior risco para desenvolver artrose:
 obesos
 pacientes que sofreram traumatismo articular (entorse, fraturas, luxações),
 alterações hormonais específicas,
 esportistas que sofrem microtraumatismos de repetição (vôlei, futebol, basquete), esportistas de desaceleração (saltos),etc…
As pessoas que fazem parte do grupo de risco devem iniciar precocemente um tratamento preventivo, evitando ou minimizando a sintomatologia desagradável da patologia, a qual em fase avançada é traduzida por dor e incapacidade funcional.
A Prevenção pode ser feita através das seguintes medidas:
• Perda de peso,
• equilíbrio e controle hormonal,
• orientação esportiva correta,
• uso de calçados adequados e
• correção de posturas.
Se você apresenta o sintomas da artrose ou está no grupo de risco, procure um Médico Fisiatra para uma avaliação, diagnóstico e tratamento correto. Assim, você poderá curtir sua terceira idade com mais qualidade de vida!

55 comentários:

  1. tenho 38 anos e estou com artrose no quadril esquerdo,era professora em uma creche de crianças com 4meses a 1 ano de idade agora estou parada a mais de 6 meses não é aconselhado fazer cirurgia ainda tenho que esperar até não aguentar mais. está muito dificil pois trabalhava ha 17 anos nesta função agora estou desesperada pois a cirurgia não é tão facil assim.

    ResponderExcluir
  2. compreendo sua situação, mas tb uma cirurgia fora de hora os resultados podem não ser os melhores
    tente acupuntura, relaxamento, faça terapias alternativas, hoje complementares,
    te desejo o melhor

    ResponderExcluir
  3. tenho 33 anos fiz um raio x i o médico diagnosticou artrose!!! mas me orientou assim: si piora voce procura um neorologista....o que eu faço?? espero piora?? me ajude, o que é melhor???? obrigado.

    ResponderExcluir
  4. EU ACHO QUE O NEUROLOGISTA, OU NEUROCIRURGIÃO, É PARA UMA POSSÍVEL COLOCAÇÃO DE PRÓTESE.
    PROCURE UM REUMATOLOGISTA E VEJA NOVAS OPINIÕES
    BOA SORTE

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho 42 anos descobri que tenho artrose na coluna cervical, so sei que sinto muitas dores, ja fiz varias fisioterapias, mas mesmo assim, não sinto melhoras .. não sei mas o que fazer, estou muito preocupada com isso. preciso de ajuda. ass; mara

    ResponderExcluir
  6. calma amiga da dor
    você deve pensar que pra tudo tem um jeito.
    tente acupuntura, vá num osteopata, com certeza vc
    vai sentir melhoras
    forças

    ResponderExcluir
  7. Já operei a coluna cervical C4, C5, C6, C7 por duas vezes.
    Apresento um diagnostico de artropia degenerativa da primeira carpomeacarpal( rizoartrose e Fibrocartilagem triangular com contornos irregulares e altaerção de sinal na sua inserção radial sugerindo rotura nas mãos.
    Qual o tratamento mais adequado?

    ResponderExcluir
  8. oi tenho um cunhado que esta com necrose na cabeça do femu esquerdo ja fez tratamentos mas a doença chegou a um nivel insuportavel ,foi sugerido uma cirurgia para por uma protese gostaria de saber se o convenio tem de cobrir a cirurgia pois eles se negaram.

    ResponderExcluir
  9. olá Renata , com certeza o plano de saúde tem que cobrir, arrume urgente um advogado, e entre com uma liminar
    boa sorte

    ResponderExcluir
  10. Renata, não sou médica, acho que vc deve voltar a ler o artigo que informa exatamente sobre o tratamento
    boa sorte e melhoras

    ResponderExcluir
  11. tenho, 60 anos tenho artrosa, que esta cada vez pior , junto tenho fibromialgia , tenho plano de saude , e sapatos especiais , ja estou usando tramal . sei que existe um tipo de tratamento no hospital das clinicas , onde enjetam um tipo de cimento ,nas vertebras que nao tem mais cartilagem me esclarece por favor , nao sei ficar parada , preciso andar viver obrigada amelia

    ResponderExcluir
  12. olá minha jovem senhora que não sabe ficar parada.
    realmente não sei muito sobre o procedimento fico devendo, irei pesquisar
    mas procure um ortopedista cirurgião ou neuro cirurgião que é o mais indicado
    boa sorte

    ResponderExcluir
  13. Fiz artrodese no nivel da coluna lombar L5-L4-s1 e sinto varias crises de dor retornei ao trabalho e as coisa pioraram devido ao fato de eu ter que ficar sentado mais de 8 horas não sei o que eu faço>

    ResponderExcluir
  14. tenho 39 anos e trabalho muito tempo em pe as vezes chego a ficar mais de 15 horas em pe como segurança em eventos ou recepcionista a 2 anos descobri que tenho artrose no quadril esquerdo pois tomo varios remédios para dor a 4 meses comecei a sentir muita dor no estômago fiz uma endoscopia e o resultado do exame foi uma úlcera essa úlcera pode ter sido por causa dos remédios que tomava e essa artrose pode ser por ficar muito tempo em pe?

    ResponderExcluir
  15. realmente a artrose pode vir de uma sobrecarga nas articulações,embora, tb possa vir a ser genético, portanto, tente relaxar,se cuide, e boa sorte sempre

    ResponderExcluir
  16. vocês ja viram alguem que tenha artrose no quadril ficar curado com tratamento e nao com cirurgia?
    estou morrendo de medo tenho 26 anos e descobri que estou com esta doenca

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pela iniciativa. É bom poder falar/desabafar com quem entende o que sentimos. Estou numa fase aguda (osteoartrite erosiva) de dor crônica com inchaço, rigidez, vermelhidão nos dedos das mãos.Tem um ponto roxo no 3ºdedo. Não consigo fisioterapia adequada pelo Plano aonde moro. Alguém tem dicas para fazer em cada que podem aliviar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega portador da osteartrite erosiva, tenho problemas de muita dor; fibromialgia e artrose em várias articulações, minha saída além de segir a medicação indicada, as terapias bem como acumputura e outras mais; tem sido recorrer ao chá de semente de sucupira , tive uma melhora suspreendente. Tem um site que orienta passo a passo o uso do chá de semente de sucupira e como tomar o mesmo, só indico este, pois o cuidado que se deve ter ao tomar corretamente faz toda a diferença e essa orientação é dala lá e tem tb. outros produtos do tipo cápsul, pomada, etc, estou usando o óleo da semente para massagem nos pontos doloridos. Deixo o site. www.sementedesucupiraonline.com.br. Acesse e boas molhoras. Um abraço Gorete

      Excluir
    2. Caro colega faço uma correção sobre o endereço do site do chá de semente de sucupira, onde tive grandes melhoras com o uso do mesmo que é www.sucupiraonline.com.br. Peço desculpas por postar o endereço errado anteriormente. Um abraço. Gorete

      Excluir
    3. Caro colega portador da osteartrite erosiva, faço uma correção no endereço do site da semente de sucupia, onde tomo o cha e tenho melhoras significativas. Vai aí www.sucupiraonline.com.br. Peço desculpas pelo equívoco. Um abraço. Gorete

      Excluir
  18. olá vc que procura uma fisioterapia, já tentou saco de água quente, pomadas antiinflamatórias, tipo de atletas?
    com certeza eu mergulho minhas mãos em água quente com sal e tb faço uma infusão de álcool col alecrim, e uso no local,
    desejo melhoras
    bj

    ResponderExcluir
  19. olá jovem com artrose, a cirurgia, tem sido fantástica para algumas pessoas que conheço, ficaram totalmente bem, converse com seu médico, é uma excelente deisão
    melhoras

    ResponderExcluir
  20. christyane 33 anos quem tem artroide aguda pode se apocetar

    ResponderExcluir
  21. olá tenho 52 anos e tenho atroze cronica que já esta no joelho e tbm no dedão do pé do lado direito tenho muita dor e uma veis eu vi ai no hospital de botucatu que um sr ñ andava a mais de 10 anos e vcs colocarão nas vertebras dele a catilage que faltava e ele ficou bom sinto que cd dia mais fico mais impocibilitada pra faser as coizas prescizo muito da ajuda de vcs se eu for atendoida muito obrigado .

    ResponderExcluir
  22. tenho 33 anos e a 4anos fiz uma ressonancia e nela acusou um desvio esquerdo da coluna sacro,leve reducão dos recessos laterais em L4-L5 e L5-S1,artrose interapofisória incipiente em L4-L5 e L5-S1,desidratação parcial dos discos intervertebrais na msma,imagens discais de protrosões difusas em L4-L5 e L5-S1,discreto efeito de compressão na face ventral do saco dural adjacente,por favor me responde s devo fazer cirurgia pq sinto muita dor.

    ResponderExcluir
  23. Marizete
    você deve seguir a orientação médica, se ele sugeriu cirurgia, não há pq temer, eu não sou médica, querida, portanto, essa resposta é bastante complicada
    confie no seu médico e bola pra frente
    melhoras e bjks

    ResponderExcluir
  24. Olá, tenho artrose nos pés e sinto dores intensas. Já procurei um ortopedista e iniciei um tratamento que não vem dando resultados significativos.
    Será que teria um outro especialista que pudesse me ajudar?

    ResponderExcluir
  25. Ola!

    Minha Avó tem artrose, o ortopedista que ela foi, falou a ela que nao tinha o que fazer e que a doenca nao tem cura, ou seja, tirou dela toda a espectativa de tratamento possivel. Agora a vejo tomando antiflamatorio por conta propria.
    Sou acupunturista, trabalhei na china. O tratamento tem muita resposta, mas como ela esta com serios problemas de aceitacao, nao passa o grau de dor, se ha uma evolucao notavel. gostaria de saber como posso proceder. ela nao quer ir mais em outros ortopedistas.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  26. ola,tenho 26 anos e tb tenho artrose nos dois pés, a minha é congenita, faz dois anos que estou passando por cirurgias mas ainda nao estou bem, gostaria de me comunicar com pessoas que tem o mesmo problema meu. meu email é giseli262011@hotmai.com. obrigada

    ResponderExcluir
  27. Olá,tenho 38 anos e estou pesquisando sobre artrose e artrite pois minha mãe tá numa crise mt grande de artrose. Quero saber se o tratamento com acupuntura pode ser realizado neste momento de crise. tb tenho tendinite e vou realizar o tratamento. minha mãe tem 71 anos ela sente muita dor.Ela já tá tomando medicação pelo médico, mas o tratamento parece ser lento e ela sente mt dor. JÓ.

    ResponderExcluir
  28. a dor e triste mesmo nao tem cura mas tem tratamento

    ResponderExcluir
  29. ola,sei que a artrose é uma dor insurpotavel,porem nao ter cura,tem tratamento;mas mesmo assim a dor só pode ser aminizada nao curada.

    ResponderExcluir
  30. estou com crise aguda de artrose, nao sei mais o que fazer.preciso de ajuda.

    ResponderExcluir
  31. procure um bom fisioterapeuta e faça acupuntura, além dos medicamentos, que normalmente afastam a crise, antiinflamatórios, analgésicos e em alguns casos cirurgia
    melhoras

    ResponderExcluir
  32. Olá Pessoal, tenho 54 anos, e acabo de descobrir que tenho começo de artrose nos 2 últmos dedos da mão direira....to com medo de pegar nas outras articulações...não sei de onde veio isso....o que faço para previnir? obrigada! Ivone

    ResponderExcluir
  33. Oi Pessoal, Tenho 36 anos e sinto muita dor no joelho esquerdo e em alguns pontos da perna, principalmente quando vou dormir ... Fico inquieta, me mexo bastante pois se parada, o joelho e alguns pontos "no fundo" da perna dói muito. Será que pode ser artrose ? Não tem sinais nem de inchaço, nem vermelhidão . Será que um neurologista pode me ajudar ?

    ResponderExcluir
  34. Olá
    Qualquer diagnóstico deve ser dado por um médico competente.
    Provavelmente um neurologista deve ser consultado pelas pernas inquietas porém vc deveria ir a um reumatologista em primeiro lugar.
    Desejo melhoras e saúde.

    ResponderExcluir
  35. oi,
    fui diagnosticado com artrose no joelho, bem no inicio! tenho 37 anos e jogo de futebol aos fim de semana. quanto tempo pode piorar?

    ResponderExcluir
  36. MINHA MÃE TEVE ARTROSE NA PERNA DIREITA POR EXERCICIOS REPETITIVOS, SENTIA DORES INTENSAS E RADICAIS, OS REMEDIOS MESMO DERIVADOS DE OPIO NÃO TINHAM FUNCIONAMENTO, TENTOU TODOS INCLUSIVE PARACETAMOL, TENTOU ACUPUNTURAS, AS DORES SEMPRE INBTENSAS FAZIAM ELA CHORAR DE DOR, A UNICA SAIDA FOI A OPERAÇÃO DE QUADRIL COM COLOCAÇÃO DE PROTESE, QUE ENFIM DEFINIU O PROBLEMA COMPLETAMENTE E ZEROU A SUA DOR, MAS AGORA A PERNA ESQUERDA ESTA APRSENTANDO A MESMA ARTROSE JA DE UM ANO PARA CA, E VOLTAMOS AO PESADELO, O MESMO EXATO PESADELO DAS DORES, ELA TOMOU NOVAMENTE TODO TIPO DE MEDICACÃO E NADA, PARECE QUE AINA PIORA COM OS REMEDIOS, DE UNS MESES TOMOU SUCUPIRA EM CAPSULAS E POR ELA MESMA FOI O QUE MELHOU MAIS SIGNIFICANTEMENTE SUA DOR. ESTAMOS ESPERANDO A SUA SEGUNDA OPERACÃO PELO PLANO DE SAUDE TRASMONTANO, NÃO HOUVERAM PROBLEMAS NA LIBERACÃO DA OPERAÇÃO, ESTAMOS APENAS AGUARDANDO. O PRIMEIRO MEDICO QUE A OPEROU É UM DOS MELHORES ESPECIALISTAS NA AREA NO BRASIL, APENAS O CUSTO SAI MUITO CARO ENTÃO APENAS PARA PESSOAS PROVIDAS DE DINHEIRO, SEU NOME É DOUTOR HONDA, OPERAMOS NA FORMA PARTICULAR E A OPERAÇÃO SAIU EM TORNO DE 25.000,00 AGORA NESTA SEGUNDA PERNA ESTAMOS SEM DINHEIRO E ESTAMOS INDO PELO PLANO DE SAUDE, ATE O MOMENTO O TRATAMENTO DE EXAMES E CONSULTAS TEM SIDO EXCELENTE. OXALÁ CORRA TUDO BEM COM MINHA MÃE. ESPERO PODER TER AUXILIADO PESSOAS COM ESTA TRISTE SINA. SEI COMO AS DORES SÃO FORTES MESMO SEM SENTI-LAS GRATO. FABIO

    ResponderExcluir
  37. TENHO 38 ANOS ESTOU COM ARTROSE CRONICA,QUANTO TEMPO DEVO FICAR PELO INSS PARA ME RECUPERAR TRABALHO EM PE,PEGO PESO TROCADOR DE ONIBUS

    ResponderExcluir
  38. Olá,realmente seu trabalho não é favorável a sua qualidade de vida..
    Infelizmente o INSS,não nos facilita.
    Tudo vai depender da cabeça do médico que você pegar.
    Converse com seu médico sobre sua condição real e peça para que ele especifique bem como vc está.
    Leve tudo atestados exames,receitas e boa sorte.

    ResponderExcluir
  39. Fiz cirurgia de Hérnia de disco há 1 ano na L5S1. Agora estou com osteoartrose, sou professora, porém, não aguento ficar em pé o dia todo. Sinto muitas dores e minha vida mudou totalmente.Estou afastada do trabalho, tenho 48 anos e trabalho há 31 anos e não posso me aposentar devido a idade. Tomo condroiditina, antidepressivo, analgésico e remédio p pressão arterial, problemas decorrentes da artrose. O q melhora as dores são hidroterapia, acupuntura, alongamento e repouso. Já me desesperei mas não adianta.

    ResponderExcluir
  40. É complicado mesmo.
    Normalmente precisamos estar morrendo para daremo valor a dor alheia.
    Não podemos desanimar nunca.
    Boa sorfe sempre

    ResponderExcluir
  41. sinto muitas dores ambos os joelho, ainda naum sei se é artrose, vou me consultar mês q vem. o q eu faço daki pra lá ?

    ResponderExcluir
  42. tente não forçar muito as articulações, faça gelo no local e experimente gel de arnica.
    boa sorte sempre

    ResponderExcluir
  43. Boa tarde!.
    Estou com rizartrose de polegar, não estou mais suportando a dor ; não tenho mais forças nas minhas mãos, doi dia e noite sem parar.Trabalho usando o computador, escrevo com as mãos.
    Posso pedir afastamento do meu trabalho?
    Por favor me ajude.
    Meu e-mail : seguranca@watercryl.com.br

    ResponderExcluir
  44. Boa noite,eu tenho 45 anos e tenho escoliose,discopatia degenerativa e osteoporose estabelecida(que já houve fraturas) .Trabalho em reposição de mercadorias em um supermercado,será que tem cura para os meus problemas,ou eu tenho mesmo que aprender a conviver com as minhas dores?Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cura não acredito, porém,o seu trabalho te prejudica, você deveria trocar de função,aprender a viver com suas limitações e ser feliz
      boa sorte

      Excluir
  45. olá,sou gilberto negrao tenho 37 anos e a oito sofro com fortes dores no quadril devido a uma artrose na cabeça do femor estou afastado do trabalho á 3 meses , sou pai de familia e tenho muito medo do que possa acontecer, estou procurando viver da melhor maneira possivel sem deixar afetar minha familia, tenho um filho de 8 anos e a pior coisa é de não poder brincar com ele, mas faço o meu melhor,até que eu consiga colocar uma protese. devo coloca-la já ou não devido a minha idade?

    ResponderExcluir
  46. Gilberto Negrão
    Não existe idade e sim indicação médica.
    Você com certeza vai ficar muito melhor com a prótese.
    Boa sorte e se cuide
    Ane Cristina Coelho

    ResponderExcluir
  47. TINHA ARTROSE CERVICAL , PASSEI A INGERIR CLORETO DE MAGNESIO PA, DEPOIS DE UM ANO FIZ NOVA RESSONÂNCIA MAGNETICA. FUI CURADO HOJE SOU FELIZ

    ResponderExcluir
  48. SENTIA MUITAS DORES , PORTADOR HERNIA DISCAL E DISCARTROSE, PASSEI A FAZER O TRATAMENTO FISICO E ESPIRITUAL, PASSE A TOMAR O CLORETO DE MAGNÉSIO , HOJE NÃO TENHO MAIS ARTROSE , E AS HERNIA DISCAL ESTABILIZARAM , NÃO SINTO DOR. ABÇS

    ResponderExcluir
  49. anônimo, já ouvi falar do cloreto de magnésio, mas sera q melhora o quadro de artrose? onde vende e como usar, poderia nos informar?

    ResponderExcluir
  50. Sou professora,apresento um quadro clínico de artrose bilateral nos joelhos.Por sua vez ,sempre meu joelho fica inchado e com dores,porém,com fisioterapia melhoro um pouco.O que fazer se não posso subir escadas e descer onde trabalho ,pois pode verdadeiramente piorar meu problema e não quero que os superiores não entenda dizendo que é doença de velho e que muitas pessoas tem esse caso.

    ResponderExcluir

Obrigada por ter me visitado, volte sempre
Ane Coelho

Daily Calendar

Seguidores

alongamento

alongamento

Notícias

Loading...

Follow by Email

dores e doenças autoimunes

Loading...
Loading...

saúde

Loading...